Quedas

A Queda é um acidente importante para adultos maiores de 60 anos pois pode indicar o início do declínio das funções ou ser um sintoma de uma nova doença.

No Brasil, estima-se que 30% dos idosos caem ao menos uma vez ao ano, sendo que a freqüência é maior entre as mulheres. Em relação à idade, a freqüência de quedas é maior entre os mais velhos:

– entre 65 a 74 anos: freqüência de 32%;
– entre 75 a 84 anos: freqüência de 35%;
– 85 anos: a freqüência aumenta para 51%

Estudos indicam que idosos de 75 a 84 anos que necessitam de ajuda nas atividades de vida diária tem uma probabilidade de cair 14 vezes maior que pessoas independentes da mesma idade. Mais de 2/3 daqueles que tem uma queda cairão novamente nos 6 meses subseqüentes.

Mais de 70% das quedas ocorrem em casa. Pessoas que vivem sozinhas apresentam risco maior. Alguns dos fatores ambientais que influenciam na probabilidade de queda são:
– Iluminação inadequada;
– Superfícies escorregadias;
– Tapetes soltos ou com dobras;
– Degraus altos ou estreitos;
– Obstáculos no caminho;
– Ausência de corrimão em corredores e banheiros;
– Prateleiras excessivamente baixas ou altas;
– Calçados inadequados;
– Maus tratos;
– Roupas excessivamente compridas;

Como conseqüência das quedas, o paciente pode apresentar:
– Fraturas (5%)
– Ferimentos importantes (5% a 10%)
– Impacto psicológico
– Fobia de quedas
– Óbito

Portanto, não espere mais: avalie a sua casa e faça as mudanças necessárias para evitar as quedas.