Idosos também devem fazer exercícios

Atividade Física, Dor e Neurotransmissores: qual a relação entre eles?

em Exercícios Físicos/Fisioterapia por

Quando a prática de atividades físicas passa a ser um problema na vida de uma pessoa, certamente há algo errado nesse contexto.

A prática de exercícios é essencial para a saúde e bem-estar geral do corpo.

Possibilita melhora da mobilidade articular, fortalecimento muscular, aumento da massa óssea, aumento de flexibilidade, melhora da capacidade cardiopulmonar, aumento da disposição, relaxamento mental e alívio de quadros dolorosos.

Porém, quando há o surgimento de efeitos inesperados, a atividade física deve ser revisada com rigor por um profissional. Quando causa dor, é muito provável que haja alguma inadequação nesta prática. Mesmo as dores musculares tardias, que aparecem de 12 a 48 horas após a prática de alguma atividade, devem ser analisadas. Talvez a intensidade do exercício esteja exagerada. É importante analisar o tipo de atividade, intensidade, frequência e qualidade em que o exercício é realizado. Uma vez adaptada para um indivíduo idoso, praticamente qualquer tipo de atividade física é permitida. Mas precisamos sempre respeitar as características individuais e eventuais limitações.

Lembre-se que não é normal sentir dores durante ou após os exercícios físicos.

Desta forma, a prática de atividades físicas pode proporcionar os benefícios citados anteriormente.

Dentre eles, destaca-se o alívio de dores através do aumento da produção de determinados neurotransmissores. Neurotransmissores são substâncias produzidas pelo próprio corpo que estimulam ou inibem as conexões entre neurônios agindo como analgésicos. O resultado mais conhecido deste mecanismo é a liberação de endorfina. As endorfinas podem ser responsáveis pelo relaxamento muscular, diminuição da ansiedade e sensação de bem-estar. Os efeitos podem durar até 72 horas após a prática da atividade física e agir como analgésicos endógenos (produzidos pelo próprio organismo).

Se você quer começar a fazer alguma atividade física regularmente, procure um Educador Físico. Se você sofre de algum problema de mobilidade ou alguma doença que cause dores (como reumatismo, hérnia de disco, etc), procure um Fisioterapeuta.

Conheça a história de Iole, que pratica atividades físicas com 87 anos e inspire-se!

Conhece alguém que está sofrendo de dores nas costas, dores por má postura ou outras dores? Compartilhe nosso artigo!

1 Comment

  1. Como é importante escrever e opinar sobre o idoso, idade de desconfortos vários, que podem ser amenizados e até mesmo resolvidos com os conhecimentos básicos sobre como envelhecer bem e aproveitar de uma idade semelhante a infantil sem grandes responsabilidades com a família criada, educada e ávida de novos conhecimentos. Poucos conhecem sobre envelhecimento, apenas vivem à sua maneira e geralmente muito mal.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo