Categoria

Corpo e Exercícios

4 Cuidados essenciais para o portador de Parkinson se exercitar.

em Exercícios Físicos por
Idosos com parkinson não devem perder coordenação dos movimentos

A Doença de Parkinson é um distúrbio neurológico progressivo que afeta a coordenação dos movimentos musculares. Tremor em repouso (70% dos casos), bradicinesia (lentidão na execução de movimentos), rigidez postural e distúrbio de equilíbrio são características de deficiência motora da doença. Há também complicações não motoras nas fases mais avançadas como distúrbios respiratórios, gastrointestinais, sexuais, dentre outros. É comprovado que a atividade física pode amenizar os sintomas da Doença de Parkinson. A coordenação dos movimentos, uma das principais perdas com a progressão da doença, é preservada por mais tempo. Mas, para uma prática segura, o educador físico ou fisioterapeuta deve…

Leia mais

Idosos também podem praticar Atletismo (Corrida)

em Exercícios Físicos por
idoso pode praticar corrida

A Corrida é uma atividade física capaz de promover incrementos na capacidade funcional, saúde e integração social entre indivíduos idosos. Entretanto, são escassos os relatos sobre o efeito da corrida sobre o desempenho físico de idosos. O envelhecimento é um processo natural que pode ocorrer de maneira saudável, e com menores perdas, se algumas alterações no estilo de vida forem introduzidas. Dentre os hábitos a serem adquiridos, a participação em atividade física regular desempenha importante papel. Já está estabelecido que a maior parte dos efeitos negativos atribuídos ao envelhecimento deve-se, na verdade, ao sedentarismo. A falta de atividade fisica leva…

Leia mais

Nervo Ciático: explicando as dores dos glúteos aos pés

em Fisioterapia por
Idoso com dor no ciático.

Dor no nervo ciático, ciático inflamado, ciatalgia, dor na coluna que desce para a perna… Provavelmente, todas essas expressões já foram ouvidas (ou sentidas na pele) por você! A dor ciática é uma dor no trajeto do nervo de mesmo nome (ciático). Compreende a região de glúteo, região póstero-lateral de coxa, panturrilha e pé. São sintomas comuns quando há algum trauma (direto ou indireto) no nervo ciático. O nervo ciático é um dos maiores e mais calibrosos nervos do corpo humano. Pode chegar a ter a espessura de um dedo. Ele é formado por raízes nervosas da coluna lombar e…

Leia mais

Fratura de Colles: a fratura mais comum em idosos

em Fisioterapia por
Idoso com fratura de colles

Um dos tipos mais comuns de fratura é a da extremidade distal do rádio, com deslocamento posterior do fragmento ósseo. Estamos falando da região do punho – local em que os ossos do braço se encontram com a mão. Essa fratura também é conhecida como fratura de Colles. A fratura de Colles possui alta incidência especialmente em idosos devido ao seu mecanismo de lesão. Normalmente, quem fratura o punho, sofre uma queda com mão espalmada no chão. Veja algumas dicas de como evitar quedas dentro de casa. Dentre as fraturas em idosos, essa é a mais frequente. Corresponde até 45%…

Leia mais

Benefícios dos Exercícios Físicos para adultos mais velhos

em Exercícios Físicos por
Idoso aproveitando os benefícios dos exercícios.

O envelhecimento populacional vem aumentando em todo o mundo, trazendo novos desafios. Estima-se que no ano de 2050, existam mais de dois bilhões de pessoas com mais de 60 anos no mundo. Isso significa um crescimento de 223 % da população brasileira com mais idade. O Brasil será o sexto país do mundo em números de idosos e precisa conhecer os benefícios dos exercícios físicos. Esse crescimento populacional acelerado deveria gerar mudanças estruturais de políticas públicas. Precisa ser acompanhado de melhorias ou manutenção da saúde e da qualidade de vida desta população em especial. Os profissionais, principalmente da saúde, tem que…

Leia mais

O que é importante na hora de escolher uma Cadeira de Rodas?

em Fisioterapia por
Idoso em cadeira de rodas

À medida em que ocorre o processo de envelhecimento, o idoso perde algumas habilidades e funções de forma gradativa. Uma delas é a marcha. O caminhar apresenta alterações progressivamente (de acordo com a evolução do processo fisiológico de envelhecimento e todas as características a ele atreladas, ou devido a alterações patológicas comuns nessa faixa etária). Para auxiliar nessas alterações de marcha e equilíbrio, pode-se fazer uso de dispositivos específicos. Mas quando o deslocamento através da marcha se torna ineficiente, ou seja, o idoso não consegue mais andar, faz-se necessário o uso da cadeira de rodas. A escolha dela é importantíssima…

Leia mais

Dores no Ombro? Pode ser lesão no Manguito Rotador

em Fisioterapia por
Ombro do Idoso

Grande parte das lesões de membro superior em idosos estão relacionadas às lesões do manguito rotador. O que é muito comum pela característica degenerativa dos tendões. Entenda um pouco mais sobre a articulação do ombro aqui. O manguito rotador é um complexo que envolve quatro músculos (supraespinhal, infraespinhal, subescapular e redondo menor). Desempenham funções fundamentais na articulação do ombro, tais como: estabilização dinâmica, coaptação (encaixe) da articulação e potencialização das forças. O manguito funciona através da convergência desses tendões. Eles podem ser lesionados por movimentos repetitivos nos extremos das amplitudes, quando sofrem torção, diminuição da vascularização e atrito e/ou compressão…

Leia mais

Diabéticos com Neuropatia Periférica podem fazer exercícios?

em Exercícios Físicos por
Idoso com neuropatia periférica pode fazer hidroginástica

Os diabéticos podem desenvolver várias doenças associadas. Já falamos da Retinopatia Diabética. Hoje, trataremos da Neuropatia Periférica, que é a complicação mais complexa do Diabetes Mellitus. Essa doença consiste em afetar os nervos periféricos sensitivos e motores. Na maior parte das vezes, afeta principalmente os pés, prejudicando sua sensibilidade e, em alguns casos, levando à amputação. O comprometimento dos nervos motores dos membros inferiores no indivíduo diabético determina alguns problemas físicos: hipotrofia muscular (perda de massa magra), deformidades e pontos de pressão anormais. O comprometimento dos nervos sensitivos manifesta-se por distúrbios da sensibilidade nas extremidades. Inicia-se com hiper-sensibilidade e evolui…

Leia mais

3 Mitos e Verdades: Postura, Movimentação e Posição de Dormir

em Fisioterapia por
Movimentação do Idoso

Há muita divergência a respeito do que é (ou não) indicado fazer em relação a movimentação, postura e posição de dormir. Quando se tratam de idosos, essas sugestões ficam ainda mais polêmicas. Por isso, resolvemos esclarecer algumas dúvidas comuns. Desmistificar alguns conceitos populares.       1. Movimentação de abaixar para pegar um objeto no chão. Nada mais polêmico do que a forma correta de agachar. Quem nunca escutou que se deve fazer o movimento dobrando os joelhos para não sobrecarregar a coluna? Parcialmente verdade: o ideal é que o movimento seja distribuído entre as articulações para que nenhuma delas…

Leia mais

Quais são os exercícios mais adequados ao portador de DA?

em Demências e Alzheimer/Exercícios Físicos por
exercícios mais adequados para idosos com DA

Nos artigos anteriores, falamos dos cuidados que o idoso portador da doença deve ter ao iniciar um programa de Atividades Físicas Planejadas e os efeitos fisiológicos que elas proporcionam. Neste artigo, abordaremos quais exercícios mais adequados para os idosos acometidos com a doença de Alzheimer. Considerando as fases da doença (leve, moderado e grave), a prescrição dos exercícios mais adequados deve ser de acordo com as limitações do idoso. Na fase inicial, recomenda-se caminhadas e exercícios com movimentos de baixo grau de complexidade. O profissional deve proporcionar motivação e prazer nas atividades. Deve-se incentivar a contagem das séries e estimular…

Leia mais

1 2 3 7
© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo