Categoria

Corpo e Exercícios

Em que Idade Exercícios Físicos ajudam a Ganhar Massa Muscular?

em Exercícios Físicos por
terceira idade ganhando massa muscular

A perda excessiva de massa muscular em idades avançadas é um fator de risco relevante para perdas de funcionalidades físicas e quedas. Atividades físicas e musculação praticadas com regularidade são recomendados para manutenção da massa muscular. Hoje, vamos abordar como os exercícios contribuem para a manutenção da massa e força muscular em diferentes estágios da vida. As alterações fisiológicas do envelhecimento levam a uma alteração da composição do nosso corpo. Há diminuição de massa muscular e aumento de tecido adiposo (gordura). Esta perda de massa muscular, muitas vezes, está associada à problemas de mobilidade e aumento da dependência. Conseqüentemente, reduz…

Leia mais

A Dança é uma Ótima Alternativa de Atividade Física

em Exercícios Físicos por
Terceira Idade na dança de salão

A Dança pode ser uma alternativa de atividade fisica para aqueles que gostam de dançar. Estamos passando por um momento na história em que temos que quebrar os paradigmas da velhice. A grande maioria das pessoas ainda associa envelhecer com perder capacidades física e mental, com doenças. Mas, embora haja um certo declínio de força física, o idoso continua capaz de aprender. E, mais do que isso, continua sendo uma pessoa que deve se sentir bem consigo mesmo. Um dos fatores que contribui para o envelhecimento saudável é a prática de atividades físicas regularmente. Mas, a população que hoje tem…

Leia mais

Caso real: veja os resultados práticos dos exercícios físicos.

em Exercícios Físicos por
idoso com resultados práticos da atividade física regular.

Relatar os resultados práticos da atividade física é sempre muito enriquecedor. Neste artigo descrevo o aluno Mário, praticante de musculação e corrida personalizada desde 2010. Mário não tinha um histórico muito ativo em relação às atividades físicas. Já tentou seguir métodos de treinamento de musculação para treinar sozinho, mas sentiu que podia se lesionar. Também relatou na anamnese (conversa inicial com o personal trainer) ter praticado corrida e caminhada de forma autoprescrita. Há 7 anos atrás, chegou a nós por indicação de outro aluno, colega do instituto em que lecionava Física. Também estavam relatadas em sua anamnese dores nos pulsos…

Leia mais

Exercícios Físicos Aquáticos no tratamento de Parkinson

em Exercícios Físicos/Parkinson por
Idoso com Parkinson pode fazer exercícios aquáticos

Exercícios aquáticos estão entre os vários tratamentos envolvendo exercícios físicos para os portadores de Parkinson. Paralelas às farmacológicas, as intervenções fisioterápicas têm se mostrado muito eficazes para minimizar os declínios funcionais. Neste artigo, abordaremos a hidroterapia no tratamento de parksonianos. As propriedades da água em conjunto com os exercícios aquáticos trazem benefícios preventivos, motores e sensoriais. Estes últimos estimulam o equilíbrio, a noção espacial e a propriocepção (capacidade de reconhecer a localização espacial do corpo). Lembre que portadores de Parkinson estão mais propensos a quedas. Trabalhar equilíbrio é muito importante para estas pessoas. As sessões de hidroterapia podem ser divididas…

Leia mais

Exercícios físicos para Diabéticos com Neuropatia Autonômica.

em Exercícios Físicos por
idoso diabético com neuropatia autonômica.

A Neuropatia Autonômica é uma das comorbidades que podem ser desenvolvidas por diabéticos. Esta doença pode comprometer alguns sistemas do organismo como cardiovascular, digestivo, sudoral, urogenital e motricidade pupilar (movimentos das pupilas – nos olhos). Entenda também sobre a Neuropatia Periférica. Com relação aos exercícios físicos, os diabéticos com Neuropatia Autonômica podem apresentar resposta cardiovascular reduzida, hipotensão postural (queda da pressão arterial ao se levantar), alteração da termorregulação (regulação da temperatura corporal), reflexo pupilar prejudicado, comprometimento da percepção de sede e gastroparesia (diminuição da motilidade das atividades gastrointestinais levando a um retardo da absorção de carboidrato e risco de hipoglicemia).…

Leia mais

Cuidados para a Caminhada do Parkinsoniano

em Exercícios Físicos/Parkinson por
deambulação de idoso com parkinson

A deambulação, ou o ato de caminhar, é um dos pricipais movimentos afetados pelo Parkinson. Já descrevemos os procedimentos para iniciar uma prática segura de um programa de exercícios físicos. Também falamos dos seus efeitos fisiológicos no tratamento da doença. Neste, descreveremos uma das atividades mais indicadas: a caminhada. Os parkinsonianos possuem dificuldades de deambulação (marcha), mesmos nos estágios iniciais da doença. A cadência e tamanho dos passos são diminuídos mesmo que as capacidades de força, flexibilidade, equilíbrio e postura estejam preservadas. Essa deficiência ocorre pela afetação dos núcleos da base (aglomerados de células nervosas localizadas na base de cada hemisfério…

Leia mais

Efeitos Fisiológicos dos exercícios para a doença de Parkinson

em Exercícios Físicos/Parkinson por
Idoso com parkinson se beneficia de efeitos fisiológicos da dopamina

Já descrevemos os cuidados iniciais que o educador físico ou o fisioterapeuta devem tomar ao iniciar um programa de exercícios físicos para tratamento da Doença de Parkinson. Neste artigo, descreveremos os efeitos fisiológicos que a Atividade Física Planejada propicia ao portador da doença.  Os principais objetivos são: preservar e manter as funções dos indivíduos em alto nível; melhorar a função motora, incluindo a iniciação e ampliação do movimento e estabilização do tronco; reduzir o tremor e a rigidez; melhorar atividades de vida diária; prevenir complicações secundárias, causadas pela atrofia muscular ou mudanças na postura. Com relação aos efeitos psicológicos, está…

Leia mais

4 Cuidados essenciais para o portador de Parkinson se exercitar.

em Exercícios Físicos/Parkinson por
Idosos com parkinson não devem perder coordenação dos movimentos

A Doença de Parkinson é um distúrbio neurológico progressivo que afeta a coordenação dos movimentos musculares. Tremor em repouso (70% dos casos), bradicinesia (lentidão na execução de movimentos), rigidez postural e distúrbio de equilíbrio são características de deficiência motora da doença. Há também complicações não motoras nas fases mais avançadas como distúrbios respiratórios, gastrointestinais, sexuais, dentre outros. É comprovado que a atividade física pode amenizar os sintomas da Doença de Parkinson. A coordenação dos movimentos, uma das principais perdas com a progressão da doença, é preservada por mais tempo. Mas, para uma prática segura, o educador físico ou fisioterapeuta deve…

Leia mais

Idosos também podem praticar Atletismo (Corrida)

em Exercícios Físicos por
idoso pode praticar corrida

A Corrida é uma atividade física capaz de promover incrementos na capacidade funcional, saúde e integração social entre indivíduos idosos. Entretanto, são escassos os relatos sobre o efeito da corrida sobre o desempenho físico de idosos. O envelhecimento é um processo natural que pode ocorrer de maneira saudável, e com menores perdas, se algumas alterações no estilo de vida forem introduzidas. Dentre os hábitos a serem adquiridos, a participação em atividade física regular desempenha importante papel. Já está estabelecido que a maior parte dos efeitos negativos atribuídos ao envelhecimento deve-se, na verdade, ao sedentarismo. A falta de atividade fisica leva…

Leia mais

Nervo Ciático: explicando as dores dos glúteos aos pés

em Fisioterapia por
Idoso com dor no ciático.

Dor no nervo ciático, ciático inflamado, ciatalgia, dor na coluna que desce para a perna… Provavelmente, todas essas expressões já foram ouvidas (ou sentidas na pele) por você! A dor ciática é uma dor no trajeto do nervo de mesmo nome (ciático). Compreende a região de glúteo, região póstero-lateral de coxa, panturrilha e pé. São sintomas comuns quando há algum trauma (direto ou indireto) no nervo ciático. O nervo ciático é um dos maiores e mais calibrosos nervos do corpo humano. Pode chegar a ter a espessura de um dedo. Ele é formado por raízes nervosas da coluna lombar e…

Leia mais

1 2 3 8
© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo