Categoria

Bem Estar

A Dor é Uma Parte Natural do Envelhecimento?

em Fisioterapia por
Sentir Dor é Normal?

Existe uma série de noções controversas sobre o envelhecimento e as queixas de dor.Em estudo realizado pelo periódico norte-americano Journal of Familie Practice, existem alguns mitos relacionados à dor no idoso. Um deles é achar que dor é parte natural do envelhecimento. Ou que a dor piora com o envelhecimento. Enfrentar a dor aumenta a sua tolerância. Apesar de a dor ser uma questão de extrema importância no mundo todo, ainda é pouco acessada e tratada na população. E infelizmente, as crenças que nós, Profissionais da Saúde, e nossos pacientes temos sobre dor no envelhecimento, servem muitas vezes como barreiras…

Leia mais

Como Prevenir o Aparecimento da Doença de Alzheimer?

em Demências e Alzheimer por
Prevenir a Demência de Alzheimer

A Demência de Alzheimer é uma doença muito comum e limitante. Sua evolução tira a autonomia e a independência das pessoas afetando toda a família. Seu impacto nos custos dos sistemas de saúde é enorme. E ainda não existe cura para esta doença. Por isso, muitas pesquisas são realizadas nas áreas de prevenção. Mas, como saber o que é real? Já que, infelizmente, também muitos boatos e notícias falsas (fake news) são difundidas em redes não científicas. Como prevenir o aparecimento da Doença de Alzheimer da maneira mais eficiente possível? Antes de mais nada, vale lembrar que prevenir é tomar…

Leia mais

Desnutrição e Declínio Funcional no Envelhecimento

em Nutrição por
Desnutrição e obrigação alimentar para a terceira idade

A Desnutrição é um problema bastante comum entre as pessoas mais velhas como resultado da má alimentação. Ou seja, é comum pessoas idosas comerem quantidades de nutrientes menores do que o necessário para a manutenção da própria saúde. Em menor escala, acontece também pelo envelhecimento não saudável que prejudica o metabolismo. A Desnutrição associada a outras complicações de saúde é um dos principais motivos de internação e/ ou morte de idosos. Por isso, este tema é tão importante e recorrente. Os principais motivos, além de econômicos, que impactam negativamente a alimentação são as mudanças funcionais atreladas à idade. Os principais…

Leia mais

Sintomas da Doença Arterial Coronariana (DAC) em Idosos

em Saúde por
DAC - Doença Arterial Coronariana

DAC – Doença Arterial Coronariana é outra condição de saúde que tem prevalência aumentada em pacientes idosos. Isto é, trata-se de uma doença que é mais desenvolvida por idosos do que por pessoas mais jovens. Estima-se que 30% dos grandes idosos (mais de 80 anos) sejam portadores desta condição. Pode-se definir DAC como a presença de lesões (placas de gordura) acima de 50% do diâmetro nas coronárias (as artérias que nutrem o coração). Essas placas, à medida que se instabilizam ou ficam maiores, podem gerar sintomas, como dor torácica, intolerância aos esforços e falta de ar. Além de aumentar consideravelmente o…

Leia mais

Beber água: 8 Dicas para assegurar a ingestão correta de líquidos

em Nutrição por
idoso deve beber água

Beber água é extremamente importante para a manutenção de nossa saúde. Já abordamos este tema em outro artigo. Hoje, falaremos sobre como manter o idoso hidratado. Sabemos que a desidratação pode causar inúmeros problemas como pressão baixa, confusão mental, obstipação intestinal (intestino preso), entre outros. Para evitar estes problemas, que podem originar complicações sérias de saúde, seguem algumas dicas. Oferecer líquidos regularmente. Idealmente, oferecer água. Quando o idoso se recusa a beber água, oferecer água de coco, chás, sucos ou vitaminas. Mas atenção às quantidades de açúcar e sódio das bebidas oferecidas. O idoso deve beber 2 litros de líquidos…

Leia mais

A Saúde do Sistema Muscular Esquelético

em Saúde por
sistema muscular na terceira idade

Idosos sadios, após a 7ª década de vida, apresentam importante processo degenerativo na musculatura, mesmo quando mantem atividade física. Ou seja, a partir dos 70 anos, o sistema muscular começa a regredir. Nos casos de Síndrome da Imobilidade, esse processo é mais intenso e acelerado. Mas vale ressaltar que, na imobilidade, ocorre perda mais acentuada de massa muscular na coxa do que nos membros superiores. Desta maneira, fica ainda mais difícil voltar a caminhar. A redução da quantidade de músculos esqueléticos em nosso corpo é conhecida como Sarcopenia (sarc = carne; penia = perda). Este comprometimento da saúde do sistema…

Leia mais

Tratamento Não Cirúrgico da OA: Infiltração Articular Com Glicocorticóides

em Saúde por
Glicocorticóides para Artrose

A Osteoartrite (OA) é uma síndrome clínica de dor articular acompanhada  de vários graus de limitação funcional. É caracterizada por perda de cartilagem, remodelamento do osso adjacente e é associada à inflamação. E pode ser tratada com Glicocorticóides, como explicado abaixo. Por ser uma doença progressiva, a OA pode levar à limitações, substituição cirúrgica da articulação e baixa qualidade de vida. Enquanto não há medicamento modificador de doença efetivo, o manejo é principalmente sintomático, incluindo analgésicos e anti-inflamatórios como tratamento de primeira linha. Porém, como esses pacientes com frequência apresentam comorbidades, surge a preocupação com a relação risco/benefício de seu…

Leia mais

A Síndrome do Imobilismo e Critérios Para Seu Diagnóstico.

em Fisioterapia por
Síndrome do Imobilismo

Síndrome do Imobilismo são sinais e sintomas resultantes da supressão de todos os movimentos articulares. E, por conseguinte, da incapacidade de mudança postural. Isto é, uma pessoa que está sentada e não consegue se levantar. Ou ainda, uma pessoa que deita para dormir e não consegue se virar na cama. Para fechar o diagnostico da Síndrome do Imobilismo, deve-se utilizar critérios que orientem o diagnóstico e que tenham características próprias. O critério maior seria déficit cognitivo médio a grave e múltiplas contraturas (mais de um músculo encurtado). No critério menor são sinais de sofrimento cutâneo ou lesão por pressão, disfagia…

Leia mais

Estudo Genético de 15 Anos Relaciona População Brasileira Com O Risco de Declínio Cognitivo (DAC)

em Cabeça por
DAC - declínio cognitivo relacionado à idade

O declínio cognitivo relacionado à idade (DAC) é o processo gradual de diminuição da função cognitiva ao longo da idade. A maioria dos fatores de risco genéticos para DAC foi identificada em populações europeias. Mas não há relatos em indivíduos latino-americanos misturados. Algumas pessoas podem apresentar inclusive certo nível de comprometimento cognitivo. Entenda como é possível diagnosticar se a perda cognitiva é já considerada um problema. Por isso, a Fundação Oswaldo Cruz de Belo Horizonte realizou um estudo para entender este risco genético de DAC na população brasileira. Foi feito um mapeamento de mistura, análise de associação ampla do genoma…

Leia mais

Transtorno Depressivo em Idosos e Suas Consequências

em Saúde por
Idoso com zumbido

Qual é a segunda maior causa de anos perdidos por incapacitação ou morte prematura mundialmente e na América Latina? Transtorno depressivo, ficando apenas atrás de dor lombar. Qual é a prevalência de depressão em idosos? 4,8 a 14,6% a depender do ambiente. Ou seja, aproximadamente 15% das pessoas mais velhas são portadoras de depressão. Se considerarmos ainda sintomas depressivos que não fecham o diagnóstico de depressão propriamente dita, essa prevalência pode chegar a quase 50%. Não se assuste se tais dados te causam surpresa. De fato, as doenças psiquiátricas ainda são negligenciadas e não é diferente na geriatria. Especialmente o…

Leia mais

1 2 3 37
© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo