Idosos podem parar de andar

Artrite no Joelho: conheça os perigos da Gonartrose e quais os tratamentos

em Fisioterapia por

A Osteoartrose é uma doença de caráter degenerativo e inflamatório. Causa destruição da cartilagem e deformidades na superfície óssea articular.

Vale entender que Artrites são inflamações agudas das articulações. Artrite reumatóide é uma doença que causa estas inflamações. Artrose ou Osteoartrose é um outro nome usado para Artrite.

Uma das articulações mais acometidas por essa doença é o joelho.

A osteoartrose, ou gonartrose, como é conhecida quando acomete essa região, tem característica progressiva e deformante. Compromete todo o aparelho osteoligamentar da articulação (ligamentos entre os ossos e cartilagens do joelho com os músculos da perna). Causa graves instabilidades mecânicas e incapacidades funcionais.

A deformidade mais comum causada pela gonartrose são joelhos em varo. Ou seja, quando o alinhamento dos joelhos está angulado para a linha lateral (“pernas de alicate”). A segunda mais comum é a deformidade em valgo, quando os joelhos ficam angulados na linha média (“pernas em x”).

Muitos fatores podem estar relacionados com o aparecimento da osteoartrose de joelhos. Dentre eles: envelhecimento, sobrepeso, sobrecarga mecânica por atividades repetitivas e/ou intensas, traumas/lesões anteriores, hereditariedade e tabagismo. Denomina-se gonartrose primária o quadro que não tem uma causa definida. Gonartrose secundária é o quadro causado por uma causa identificada (por exemplo, sequela de uma fratura anterior).

O impacto socioeconômico da osteoartrose é importante. As incapacidades funcionais causadas pelo doença podem ser responsáveis por um grande número de afastamentos médicos ocupacionais. Dentre a população acima dos 65 anos de idade, parcialmente ativa no mercado econômico, a osteoartrose afeta a maioria dos indivíduos em, pelo menos, uma articulação. Mais especificamente sobre a gonartrose, além de estar presente na população idosa, sua prevalência é mais comum em indivíduos do sexo feminino.

O quadro sintomatológico apresenta dores progressivas, dificuldades em tarefas diárias (como caminhar ou subir e descer degraus), perda de movimentos, deformidades e rigidez articular. O tratamento varia de acordo com o grau de acometimento da articulação. Usa-se desde medicamentos para aliviar a dor e melhorar a viscosidade articular, até fisioterapia ou, até mesmo cirurgia nos casos mais graves. Se você sofre com estes sintomas, procure um médico.

As dores articulares aumentam com o frio. Entenda por quê.

É importante ressaltar que, independente da conduta estabelecida, é sempre válido manter a musculatura de tronco e membros inferiores bem preparada, para absorver parte da carga mecânica que incide sobre os joelhos. Além disso, as atividades físicas praticadas devem ser escolhidas com atenção em relação ao tipo e à intensidade, para diminuir os fatores de risco da gonartrose.

Gostou do nosso artigo? Compartilhe!

1 Comment

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo