Monthly archive

abril 2017

Sintomas da Demência e da Doença de Alzheimer: quais são, como diagnosticá-los e tratá-los

em Demências e Alzheimer por
Sintomas do Idoso com demência

Pessoas acometidas por qualquer tipo de Demência (entre elas o Mal de Alzheimer) geralmente sofrem com alguns sintomas psicológicos e comportamentais. Até 80% dos pacientes, durante a evolução da doença sofrem com Apatia, Depressão e/ou Agitação e Agressividade. Também é podem ocorrer alucinações (principalmente visuais), delírios (confundir cônjuge com outra pessoa, acusar pessoas de roubo, etc), distúrbios alimentares (tanto compulsão por comer como perda de interesse por alimentos) e alterações no sono. O diagnóstico destes sintomas normalmente são realizados através de questionários. O mais utilizado, em especial na Doença de Alzheimer, é o Inventário Neuropsiquiátrico. É composto de perguntas que formam…

Leia mais

Idoso Ativo: continuar trabalhando é saudável mas requer cuidados físicos.

em Fisioterapia por
Idoso ativo mas evitando DORT

Continuar trabalhando, mesmo com mais de 60 anos, é saudável. Manter-se ativo significa manter relações sociais, que é um fator muito importante para evitar doenças demenciais. Trabalhar significa que os adultos mais velhos continuam executando tarefas simples, mas importantes no dia-a-dia, como gerenciar a própria agenda, controlar finanças, etc. Estas tarefas são fatores importantes na avaliação cognitiva que faz o diagnóstico de demências. Mas, as alterações físicas do envelhecimento podem trazer uma sensibilidade maior aos distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (DORT). Segundo o Ministério da Saúde, os distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (DORT), no Brasil também conhecidos como lesões por esforço repetitivo (LER), são…

Leia mais

Entrevista Dr Martinelli – Evite o Sedentarismo!

em Exercícios Físicos por
Idoso sedentário

Em entrevista à TV E, em Jundiaí, o Prof Dr Martinelli esclarece os motivos pelos quais é necessário evitar o Sedentarismo. Ou seja, ele explica porque devemos praticar atividades físicas com regularidade, independentemente da idade. Nunca é tarde para começar! Não deixe o Sedentarismo fazer parte da sua vida. “O ideal é que faça parte da rotina por toda a vida.” Mas, após os 60 anos, os benefícios podem significar uma melhora ainda mais significativa na qualidade de vida: Idosos perdem massa muscular. Atividades físicas conseguem evitar a Sarcopenia. Acelera o tratamento de doenças importantes como a Depressão ou a…

Leia mais

Dieta do Mediterrâneo: alimentação de perfil anti-inflamatório

em Nutrição por
Alimentação saudável para idosos

Como abordamos no nosso ultimo post, uma dieta sem elementos agressivos ao nosso organismo diminui o estado inflamatório do nosso sistema. Um exemplo de dieta com perfil anti-inflamatório é a dieta do Mediterrâneo. Primeiramente, vamos ressaltar que o conceito de dieta é “todo alimento que integra o universo alimentar do indivíduo”. Não estamos falando de regime. Regime é a adoção de uma alimentação diferente da sua alimentação padrão por um curto período de tempo. Hoje, a Nutrição de qualidade não trabalha mais com a idéia de regime. Sabemos que restrições alimentares num curto período de tempo são sustentáveis. Reeducação do hábito alimentar e…

Leia mais

Atividade Física na Prática – Dona Íris, 78 anos, Depressiva.

em Exercícios Físicos por
Idosa depressiva faz exercícios

Neste artigo, compartilho mais uma experiência com alunos idosos. Lembre-se do caso de Dona Iole, sofredora do Mal de Alzheimer. Relato o caso de Dona Iris (nome fictício), depressiva, que pratica exercícios personalizados há mais de 10 anos. É uma idosa muito saudável fisicamente, mas portadora de depressão a cerca de 40 anos. Entenda sobre os fatores e sintomas de Depressão. Íris é medicada e acompanhada por médicos durante todo este período. Além de anti-depressivos, consome diariamente remédios para pressão arterial e freqüentemente para gastrite. Sendo o treinador, devo estar sempre atualizado com todos os medicamentos utilizados. É importante conhecer…

Leia mais

Até 30% de economia – Isenção de Impostos na compra de carro zero km e isenção de IPVA

em Quotidiano por
Deficientes físicos, idosos ou não, tem direito à isenção de vários impostos na compra de carro zero.

Entendendo que o envelhecimento pode trazer algumas conseqüências físicas, achamos que a divulgação desta lei é importante para o público maior de 60 anos e para todos aqueles que convivem com adultos mais velhos. A lista de enfermidades é longa, incluindo câncer, problemas no joelho, problemas na coluna (como Bico de Papagaio, Hérnia de Disco), doenças degenerativas, doença de Parkinson, artroses, etc. Cumpre-nos deixar claro que a isenção na compra de  “carro zero” não é decorrência da idade e, sim, em decorrência de sequela física ou motora. Na última pesquisa do IBGE, de 2010, apurou-se 46 milhões de brasileiros com…

Leia mais

Princípios do Tratamento da Doença de Alzheimer: Memantina

em Demências e Alzheimer por
Alzheimer, memantina, glutamato

Em artigo anterior, explicamos como funciona a sinapse e falamos de medicamentos que diminuem atividades da Colinesterase. Neste artigo, abordaremos outra dorga comumente usada no tratamento de pessoas com Mal de Alzheimer: a Memantina. A Memantina é uma droga indicada apenas para pacientes em fase mais avançada da doença. Não é indicada para pessoas em fase inicial do Mal de Alzheimer. A Memantina bloqueia a atividade excessiva de um tipo de canal iônico na sinapse. Lembramos que as sinapses do sistema nervoso central no ser humano são químicas e dependem da presença de Neurotransmissores. Assim como a Acetilcolina, o Glutamato também…

Leia mais

Osteófito – entenda o que é o Bico-de-Papagaio

em Fisioterapia por
Coluna do Idoso

O envelhecimento causa diversas alterações estruturais na coluna vertebral, conforme já comentado em matéria anterior. Dentre essas alterações, uma das mais populares é o bico de papagaio. Eles aparecem com o nome de osteófitos em diversos laudos de radiografias, ressonâncias magnéticas e tomografias computadorizadas. São mais frequentes na população idosa. É importante, portanto, entender um pouco mais sobre essa manifestação tão comum na coluna das pessoas. Mesmo porque aos osteófitos é atribuída a causa das dores de muitos idosos. Ao longo dos anos, o desgaste das articulações da coluna diminui o espaço entre as vértebras. O resultado é o aumento do atrito…

Leia mais

Alimentação Agressiva? Alergia Alimentar? Entenda o que é e como pode afetar sua vida.

em Nutrição por
Idosos sentem mais os sintomas da alimentação agressiva

Ao longo da vida, criamos nosso hábito alimentar. Ele só se modifica se a oferta do alimento muda ou se algo no nosso corpo nos diz que o hábito está nos causando mais mal do que bem. Uma alimentação agressiva para o nosso corpo pode levar o organismo aos seus limites para lidar com o que não lhe serve. Mas, o que seria uma “alimentação agressiva”? É aquela composta por itens vistos pelo nosso corpo como um invasor que deve ser combatido. Não é reconhecido como uma fonte de energia e nutriente. Para algumas pessoas, o ingrediente nocivo pode ser a…

Leia mais

Quais os melhores exercícios físicos para combater a Osteoporose?

em Exercícios Físicos por
Idosos com Osteoporose e exercícios de impacto

No artigo anterior, explicamos os efeitos fisiológicos dos Exercícios Físicos no tratamento e prevenção da Osteoporose. Agora, citaremos exemplos de Atividades Físicas adequadas a pessoas que sofrem com esta enfermidade. Os exercícios que promovem mais estímulos para o aumento da densidade mineral óssea estão em ordem de maior eficácia. Lembrando que as pesquisas são baseadas nos 3 locais mais prejudicados – Coluna lombar, Antebraço (rádio) e Fêmur / Quadril. Treinamento Resistido – Musculação, Treino Funcional. Redução do risco de quedas, pois melhora o equilíbrio, força, mobilidade, coordenação e marcha (deslocamento). Esportes com impacto – Benefícios principalmente nos locais mais estimulados; exemplo:…

Leia mais

© Copyright 2016 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo