Categoria

Cabeça

A Hipersexualidade do Portador de Doença de Alzheimer

em Demências e Alzheimer por
terceira idade com hipersexualidade

Sabemos que a Doença de Alzheimer (DA) é responsável pela alteração de comportamento em seus portadores. A hipersexualidade é uma destas alterações comportamentais que podem surgir com a demência. Agressividade, ansiedade e agitação também são alterações comportamentais da DA. A hipersexualidade na demência pode trazer constrangimentos aos familiares e cuidadores em eventos sociais. Já que os portadores de DA com esta alteração comportamental podem “mexer” com outras pessoas e até se insinuar para terceiros. Este fenômeno acontece principalmente com os homens. Muitas vezes, tornam-se inoportunos ao assediar mulheres que são da própria família. Já tive um paciente que foi denunciado…

Leia mais

Satisfação Sexual do Casal com Pessoa com Demência

em Demências e Alzheimer por
satisfação sexual na terceira idade com demência.

Já tivemos a oportunidade de falar sobre a sexualidade durante o envelhecimento. Sabemos que a idade não é um limitante para a atividade sexual. Mas, o que acontece com o casal quando um dos 2 é acometido por uma doença demencial? Como fica o sexo e a satisfação sexual? Diversos estudos sobre o tema, indicam que a atividade sexual diminui ou acaba quando a demência aparece. Isto, entre vários outros motivos, porque a satisfação sexual diminui. Há estudos que sugerem que a sobrecarga de trabalho com os cuidados para com o cônjuge é o maior motivo pela perda do interesse…

Leia mais

Ajudando Crianças e Adolescentes a Entenderem o Alzheimer

em Demências e Alzheimer por
crianças e adolescentes

Quando uma pessoa é diagnosticada com Alzheimer, todos da família são afetados. Incluindo crianças e adolescentes. Se é difícil para os adultos aceitarem e compreenderem a doença, também é para netos, bisnetos ou filhos mais novos. Hoje vamos falar sobre como ajudá-los a entender a doença de Alzheimer. A primeira coisa a fazer é conversar abertamente com as crianças e adolescentes sobre a doença. Podemos adaptar o nível de complexidade usado para explicar a doença de Alzheimer de acordo com a idade. Para crianças mais novas, devemos simplificar ao máximo as questões e nos ater aos principais sintomas. Por exemplo,…

Leia mais

Comunicação Efetiva em Diferentes Fases do Alzheimer

em Demências e Alzheimer por
Comunicação efetiva para terceira idade

Já tivemos a oportunidade de discutir uma comunicação efetiva de uma pessoa com demência. Em nossa opinião, todos nós devemos nos esforçar para melhorar as próprias habilidades comunicativas com o objetivo de tentar minimizar o sofrimento de todos os envolvidos no decorrer da evolução da doença. No texto de hoje, vamos abordar algumas dicas para manter a qualidade da comunicação efetiva de acordo com a fase da doença de Alzheimer. Na fase leve do Alzheimer, ou seja, no início da doença, o portador ainda é capaz de se engajar de maneira significativa em conversas e eventos sociais. No entanto, podem…

Leia mais

Qual é o Primeiro Sintoma da Doença de Alzheimer?

em Demências e Alzheimer por
primeiro sintoma na terceira idade

Sempre me perguntam qual é o primeiro sintoma da Doença de Alzheimer (DA). A perda de memória recente é, na grande maioria das vezes, o primeiro sintoma da doença. Na DA, outros sintomas dificilmente se manifestam antes da perda de memória. E quando estes aparecem, surgem concomitantemente. A primeira memória que se perde é a memória episódica que é a memória pessoal. Isto ocorre porque as alterações anatomopatológicas (alterações física no cérebro decorrentes da doença) instalam-se em determinadas áreas cerebrais. Assim, predominam inicialmente no lobo temporal na região do hipocampo, área responsável pela memória. No primeiro caso descrito da DA,…

Leia mais

Estresse que Nós Mesmos Criamos (Fontes Internas de Estresse)

em Cabeça por
terceira idade e Fontes internas de estresse

nbsp; Estresse é o desgaste geral do organismo, causado por alterações psico-fisiológicas. Estas, por sua vez, são causadas por inúmeros fatores internos e externos. Hoje, vamos falar um pouco sobre as fontes internas de estresse. As fontes internas de estresse são aquelas relacionadas à nossa personalidade. Assim, o modo como reagimos aos acontecimentos da vida pode causar ou não estresse. O estresse acontece quando nos vemos obrigados a enfretar uma ameaça, uma situação desconfortável ou uma situação de perigo. Porém, algumas pessoas imaginam estas situações. Ou ainda, interpretam uma situação como perigosa ou ameaçadora sem que exista uma ameaça real.…

Leia mais

A Doença de Alzheimer e a Idade dos Portadores

em Demências e Alzheimer por
terceira idade

O fator de risco mais importante para o desenvolvimento da Doença de Alzeheimer (DA) é a idade. Quanto maior a idade, maior a probabilidade de adquirir a doença. Não se sabe exatamente o porque a idade é o fator de risco mais importante. Mas, todos os órgãos, a partir dos 30 anos de idade, começam a perder 1% de função ao ano. Também o cérebro perde milhões de neurônios à medida que envelhecemos. Consequentemente, perdemos sinapses. Esta teoria sobre a perda funcional de todos os nossos órgãos diz que, se todas as pessoas alcançassem os 105 anos, todos teriam DA. Assim…

Leia mais

A Capacidade de Comunicação das Pessoas com Demência

em Demências e Alzheimer por
Terceira idade e capacidade de comunicação

Uma das conseqüências da evolução da demência é a progressiva perda da capacidade de comunicação. Isso acontece com qualquer “tipo” de demência, inclusive aquela causada Doença de Alzheimer. Portanto, comunicar-se com uma pessoa com Alzheimer já em estado moderado e avançado requer que a nossa própria capacidade de comunicação seja aprimorada. Além de paciência, precisamos melhorar nossa capacidade de ouvir com todos os nossos sentidos. Muitas vezes, é necessário se esforçar para entender o que o portador de demência quer dizer. Mesmo que ele não consiga se expressar em palavras. Um bom exemplo para ilustrar este tema é a questão…

Leia mais

Transtorno de Ansiedade em Idosos e seus sintomas

em Cabeça por

O transtorno de ansiedade é caracterizado por ansiedade e/ ou preocupação excessiva acompanhados de tensão muscular e hipervigilância. Estima-se que 5% dos adultos com mais de 65 anos sofram de transtorno de ansiedade. Transtorno de ansiedade pode ser diagnosticado quando os seguintes sintomas permanecem por 6 meses ou mais: Tensão Motora: incapacidade de relaxar, tremores. Hiperatividade autônoma: sudorese excessiva, palpitações, sensação de boca seca, acesso de frío ou calor, poliuria (vontade de urinar além do normal) e/ ou diarréia. Sensação de ansiedade: preocupação constante ou pressentimento de que algo ruim vai acontecer com amigos ou familiares. Vigilância ou estado permanente…

Leia mais

Como Escolher Atividades na fase inicial do Alzheimer

em Demências e Alzheimer por
escolher atividades para a terceira idade

Escolher atividades para o dia-a-dia é uma das principais dúvidas das famílias com Alzheimer. Existem profissionais especializados em escolher atividades, organizar a rotina e acompanhar a evolução do paciente com demência. Tanto o Terapeuta Ocupacional quanto o Gerontólogo são capacitados para isso. Se há disponibilidade, recomendamos que estes profissionais sejam procurados. Porém, quando não temos acesso a estes serviços, podemos seguir alguns princípios para escolher atividades para nossos familiares com Alzheimer ou outras demências. A primeira coisa que devemos ter em mente é que portadores de Alzheimer não precisam abrir mão das atividades que gostam de fazer imediatamente após o…

Leia mais

1 2 3 9
© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo