obrigação alimentar para a terceira idade

Entenda o que é a Síndrome da Fragilidade

em Fisioterapia por

 

A Síndrome da Fragilidade é uma síndrome geriátrica com inúmeras causas e contribuições. É caracterizadas pela: redução da resistência e força muscular e declínio das funções fisiológicas. Tais alterações aumentam a vulnerabilidade do indivíduo desenvolver dependência e ou morte (Morley et al., 2013).

A Sídrome da Fragilidade afeta vários aspectos da funcionalidade, como redução da mobilidade, da marcha, do equilíbrio, da força muscular global, da cognição e da nutrição (Gobbens et al., 2010).

Pesquisas mostram que intervenções com exercícios multimodais (várias modalidade em uma sessão), por meio de exercícios de resistência, força muscular, equilíbrio, coordenação e cognição podem trazer benefícios os idosos que sofrem desta síndrome. Ainda, estudiosos afirmam que a frequência destes exercícios de ser realizada de 2 a 5 vezes na semana, com duração de 45 a 60 minutos por sessão (Labra et al., 2015).

Diante destas informações a estimulação física e cognitiva (memória, raciocínio, atenção, tomada de decisão) são um dos principais aliados para indivíduos portadores da Síndrome da Fragilidade. 

Por isso a importância da regularidade das consultas no geriatra, a fim de diagnosticar patologias como Síndrome da Fragilidade e prescrever a melhor intervenção, que pode ser desde terapia medicamentosa como não, por exemplo: fisioterapia para saúde do idoso e nutrição adequada.

Entenda mais sobre este assunto aqui.

Autora:

Jéssica Maria Ribeiro Bacha é Fisioterapeuta, pós-graduada em Gerontologia e Mestre em Ciências pelo programa Ciências da Reabilitação da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Realiza pesquisas sobre reabilitação do controle postural de idosos por meio da fisioterapia convencional e de novos recursos como a realidade virtual. Realiza atendimentos em domicílio.

2 Comments

  1. Boa tarde!! Ótimo artigo! Nossos adultos idosos precisam muito de atenção e cuidados…. Diante dessas informações poderemos assim oferecer a eles uma vida mais saudável!

  2. Maravilhoso trabalho. É fundamental para o idoso que faça exercícios, físico e cognitivo, para se ter vida mais saudável junto à sociedade em que participa. Parabéns!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*