Produção menor de enzimas compromete e digestão correta.

Enzimas Digestivas: o que muda com o envelhecimento?

em Nutrição por

Com o envelhecimento, nosso corpo passa a produzir menor quantidade de algumas enzimas.

Já vimos como a baixa acidez estomacal influencia na digestão do alimento e na instalação de carências nutricionais. Após a passagem pelo estômago, o alimento se desloca para a porção superior do intestino, chamada de duodeno. No duodeno, o alimento recebe duas importantes contribuições para sua digestão: o suco pancreático e a bile. E são delas que vamos falar hoje.

O suco pancreático é uma secreção produzida pelo pâncreas. Ele contem enzimas que digerem as gorduras, proteínas e carboidratos do alimento. Com o envelhecimento, nosso pâncreas passa a produzir menos de algumas dessas enzimas.  Essa menor quantidade de enzimas compromete a digestão e absorção principalmente de gorduras e proteínas.

Entenda como substituir a carne por proteínas vegetais, mais “fáceis” de digerir.

Já a bile, secretada pelo fígado para ajudar na digestão das gorduras, também tem sua produção reduzida. Isso dificulta ainda mais a boa absorção de gorduras pelo organismo.

Do ponto de vista nutricional, essas modificações do processo digestório podem levar, além de insuficiente absorção de proteínas e gorduras pelo corpo, a uma carência de vitaminas dependentes de gorduras para serem absorvidas (como a vitamina A, D E e K) e de indigestão após uma refeição com maior conteúdo de gorduras.

Se o idoso apresenta boa alimentação, mas alguma carência nutricional persistente, seus trato digestório deve ser observado. Se seu volume de fezes está muito aumentado, se possuem consistência amolecida (indicativo de presença de gordura) ou se suas fezes possuem pedaços aparentes de comida, são sinais de que o alimento não está sendo corretamente processado para ser absorvido. Deve-se olhar possíveis causas, desde mastigação incorreta até redução da produção de enzimas digestivas.

Hoje já encontramos no mercado enzimas digestivas sendo vendidas como suplemento, mas podemos usar o próprio alimento para obter algumas dessas enzimas. Frutas como mamão e abacaxi, crus, podem ser consumidas junto ou após as grandes refeições para ajudar na digestão. Fracionar as refeições, ou seja, diminuir o volume e aumentar a frequência das refeições também ajuda muito.

Entenda também a Hipocloridria – redução da acidez do estômago.

3 Comments

  1. Minha mãe está com d ificuldade na evacuação, dou mamão, gergelim, ameixa, lactulose, mais como fica acamada está tendo dificuldades na evacuação,. as fezes endurecem, já não sei mais o que fazer, mesmo com tudo isto, passa dias sem evacuar

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo