terceira idade em fase avançada

Características da Fase Grave da Doença de Alzheimer

em Demências e Alzheimer por

A fase grave da Doença de Alzheimer é caracterizada pelo amplo comprometimento cognitivo.

A memória é o aspecto cognitivo mais afetado na fase grave da DA.

A última memória a ser perdida é a memória de procedimentos, ou memória automática. A memória de procedimentos é a responsável por habilidades executivas motoras, como andar de bicicleta, dançar, etc. Tenho uma paciente com Alzheimer que já não fala, mas se diverte em bailes para a terceira idade, dançando com seu marido.

Outros domínios cognitivos são fortemente comprometidos na fase grave do Alzheimer. Um deles é a Praxia.

Existem vários tipos de Apraxia, sendo a de vestir-se uma das mais tardias. Demonstra mais facilmente o nível de gravidade da Doença de Alzheimer, apontando que a doença já está em fase grave. A apraxia de vestir-se significa que o paciente não consegue mais se vestir suas roupas sozinho de modo correto. Normalmente, veste as peças em seqüência errada. Veste a cueca por cima da calça, coloca as 2 meias no mesmo pé, veste peças no avesso.

Na fase grave da DA, o controle da doença é exclusivamente medicamentoso. Usa-se psicoativos como anti-psicóticos, indutores do sono, ansiolíticos e anti-depressivos. O tratamento não-medicamentoso não se aplica nesta fase. Pois o paciente já não tem condições de interagir com outras pessoas e não tem mais a capacidade de aprendizado. Mantem-se ainda algumas atividades físicas, como caminhadas, para evitar atrofias osteo-musculares e articulares. Nesta fase, as atividades físicas regulares são importantes para evitar a Sarcopenia ou diminuir sua progressão.

É uma das fases mais difíceis da doença.

Neste estágio, os pacientes já não reconhecem seus familiares e pessoas mais próximas. Pode acontecer de nem mesmo se reconhecerem no espelho, perdendo a própria identidade. Nesta fase, estão quase em mutismo, falando muito pouco ou de maneira incompreensível. Tornam-se monossilábicos, respondendo apenas o que lhes é perguntado, com poucas palavras.

Tornam-se muito dependentes. Às vezes, se recusam a sair de casa, dificultando qualquer passeio ou outras atividades. Podem apresentar dificuldades de deglutição, engasgando com facilidade. Isso, pode desencadear tosse durante as refeições. Com a evolução da doença, chega o momento em que deixam de andar e de comer. Neste momento, passam a ser alimentados com alimentos liquidos por sonda naso-enteral e permanecem no leito, em posição fetal.

 

5 Comments

  1. Olá MEU PAI TEM ALZAIMER A 6 ANOS.HOJE ELE COMEÇOU A PARAR DE FALAR.QUE TRISTEZA QUE ME DEU.POIS CUIDO DELE DESDE QUANDO COMEÇOU A DOENÇA. DEIXEI DE VIVER MINHA VIDA A 6 ANOS.MAIS CUIDO DELE COM MUITO AMOR E CARINHO.

  2. Marlene estou cuidando da minha mãe há 02 anos e faço terapia para lidar com a dor que a doença traz…não deixe de viver sua vida. É importante para vc ficar em paz e cuidar de seu pai.

  3. Meu pai ja tem alzheimer a 8 anos,ja tem dificuldades de reconhecer a familia,não consegue tomar banho sozinho,precisa de ajuda para se vestir,mas graças a Deus ainda anda,mesmo devagarinho,mas esta sempre se movimentando,come sozinho,sem precisar de ajuda,mas a parte de lembrança de familia,infelizmente o alzheimer ja levou,é duro de ver,pois foi um homem brilhante em sua carreira,professor mestre e doutor em economia pela Usp,escreveu 3 livros,cursos fora do pais em faculdades renomadas,consultor de empresas,marketing man durante 10 anos consecutivos entre outros sucessos em sua carreira….Tem horas que é dificil de acreditar,mas temos que voltar e enfrentar a realidade…Temos que cuidar e dar todo amor,respeito,compaixão,paciencia,compreenção e dignidade que eles merecem em um momento tão dificil que estão passando…E para passarmos todos juntos no dia a dia com essa doença,temos que ter todo apoio familiar,dando forças um aos outros,pois só que tem uma pessoa querida com alzheimer sabe o tanto que é triste e desgastante essa doença chamada mal de Alzheimer.

  4. Fiquei cuidando de papai 3 anos e vi com muita tristeza ele passar por todas as fases da D.A muito rápido foi muito angustiante tem 10 meses que ele descansou e eu fiquei um pouco mal fico em casa e sem ânimo pra sair qd pensei que estava melhorando perco um irmão de infarte …voltou tudo denovo.

  5. Quando leio que 1 pessoa esta começando a passar pelo inicio da doença sinto tristeza e ao mesmo tempo alívio pois cada fase é puor do que a outra. Perdi minha mãezinha para o alzheimer a 18 meses atrás e graças a Deus ela.só parou de andar 1 s3mana antes de morrer e só udou a sonda de alimentação por uns 20 dias. Forçamos ela a caminhar até perto do final e isso fez com que ela não ficasse deitada nem muito tempo sentada. Ela morreu numa manhã de agosto 1 mes antes de completar 94 anos. Morreu tranquila.na sua cama com suas bonecas que ela amava e não num quarto de hospital. Eu cuidei dela até o final e agradeço a Deus o privilégio que tive de poder me despedir dela aos.poucos e todos os dias dizia à ela que a amava muito. Força aos familiares que estao passando.por isso.
    Não importa a pergunta. O amor é a resposta.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo