Author

José Eduardo Martinelli

José Eduardo Martinelli has 39 articles published.

A Hipersexualidade do Portador de Doença de Alzheimer

em Demências e Alzheimer por
terceira idade com hipersexualidade

Sabemos que a Doença de Alzheimer (DA) é responsável pela alteração de comportamento em seus portadores. A hipersexualidade é uma destas alterações comportamentais que podem surgir com a demência. Agressividade, ansiedade e agitação também são alterações comportamentais da DA. A hipersexualidade na demência pode trazer constrangimentos aos familiares e cuidadores em eventos sociais. Já que os portadores de DA com esta alteração comportamental podem “mexer” com outras pessoas e até se insinuar para terceiros. Este fenômeno acontece principalmente com os homens. Muitas vezes, tornam-se inoportunos ao assediar mulheres que são da própria família. Já tive um paciente que foi denunciado…

Leia mais

Progressão dos Sintomas na Miastenia Gravis (MG)

em Saúde por
terceira idade e a progressão dos sintomas

O primeiro caso de Miastenia Gravis (MG) foi descrito em 1877. Mas, somente em 1895 o termo MG passou a ser empregado. Em 1900, alguns neurologistas descreveram a progressão dos sintomas e as características clínico-patológicas mais importantes da doença. A Miastenia Gravis (MG) pode provocar vários problemas se saúde relacionados à fraqueza e fatigabilidade muscular. A progressão dos sintomas miastênicos frequentemente afetam os músculos oculares em sua fase inicial. Mas tendem a se generalizar num período de 2 a 3 anos após o diagnóstico. A progressão dos sintomas oculares provoca algumas anormalidades. São comuns a ptose palpebral assimétrica (quando uma…

Leia mais

Satisfação Sexual do Casal com Pessoa com Demência

em Demências e Alzheimer por
satisfação sexual na terceira idade com demência.

Já tivemos a oportunidade de falar sobre a sexualidade durante o envelhecimento. Sabemos que a idade não é um limitante para a atividade sexual. Mas, o que acontece com o casal quando um dos 2 é acometido por uma doença demencial? Como fica o sexo e a satisfação sexual? Diversos estudos sobre o tema, indicam que a atividade sexual diminui ou acaba quando a demência aparece. Isto, entre vários outros motivos, porque a satisfação sexual diminui. Há estudos que sugerem que a sobrecarga de trabalho com os cuidados para com o cônjuge é o maior motivo pela perda do interesse…

Leia mais

Miastenia Gravis: uma Doença Auto-Imune Rara.

em Saúde por
Miastenia Gravis

A Miastenia Gravis (MG) é uma enfermidade auto-imune rara. Origina-se pelo bloqueio da porção pós-sinaptica da junção neuro-muscular (placa mioneural) através de auto anticorpos que agem contra os receptores da acetilcolina. Estes, impedem um adequado acoplamento entre o neuro-transmissor e seu receptor. Assim, resulta uma diminuição da atividade colinérgica nos músculos, gerando fadiga e debilidade  muscular localizadas ou generalizada com domínio proximal e curso flutuante. Quanto maior o usa da musculatura, pior a função deste conjunto  muscular. Por se tratar de uma doença auto-imune, outras afecções de mesma natureza podem coexistir em pacientes com diagnóstico de Miastenia Gravis. Em particular…

Leia mais

Qual é o Primeiro Sintoma da Doença de Alzheimer?

em Demências e Alzheimer por
primeiro sintoma na terceira idade

Sempre me perguntam qual é o primeiro sintoma da Doença de Alzheimer (DA). A perda de memória recente é, na grande maioria das vezes, o primeiro sintoma da doença. Na DA, outros sintomas dificilmente se manifestam antes da perda de memória. E quando estes aparecem, surgem concomitantemente. A primeira memória que se perde é a memória episódica que é a memória pessoal. Isto ocorre porque as alterações anatomopatológicas (alterações física no cérebro decorrentes da doença) instalam-se em determinadas áreas cerebrais. Assim, predominam inicialmente no lobo temporal na região do hipocampo, área responsável pela memória. No primeiro caso descrito da DA,…

Leia mais

A Doença de Alzheimer e a Idade dos Portadores

em Demências e Alzheimer por
terceira idade

O fator de risco mais importante para o desenvolvimento da Doença de Alzeheimer (DA) é a idade. Quanto maior a idade, maior a probabilidade de adquirir a doença. Não se sabe exatamente o porque a idade é o fator de risco mais importante. Mas, todos os órgãos, a partir dos 30 anos de idade, começam a perder 1% de função ao ano. Também o cérebro perde milhões de neurônios à medida que envelhecemos. Consequentemente, perdemos sinapses. Esta teoria sobre a perda funcional de todos os nossos órgãos diz que, se todas as pessoas alcançassem os 105 anos, todos teriam DA. Assim…

Leia mais

AIDS em Idosos: os Números São Alarmantes. Proteja-se.

em Saúde por
AIDS na terceira idade

A AIDS é uma doença sexualmente transmissível (DST) sem cura. O vírus HIV infecta as células do sistema imunológico, principalmente as CD4. Desta maneira, reduz muito a imunidade do paciente. Mas, com os avanços da ciência, os portadores do vírus HIV conseguem viver com relativamente boa qualidade de vida por muitos anos. O diagnóstico precoce de AIDS em idosos é fundamental. Pois, idosos apresentam uma evolução mais rápida da doença e maior risco de progressão. Assim, quantidade de células CD4 cae mais rapidamente a níveis inferiores. E ocorre a diminuição da imunidade celular e humoral com menor ativação de células…

Leia mais

Adultos Mais Velhos Não Usam Preservativos

em Saúde por
preservativos e a terceira idade

Na semana passada, falamos sobre os fatores que contribuem para o aumento dos índices de DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis) em adultos com mais de 60 anos. Sabemos que não usar preservativos em relações sexuais é o principal problema. Mas, mesmo sabendo dos riscos, por que pessoas mais velhas não usam preservativos? Os fatores mais importantes para a baixa adesão ao uso de preservativos são: Menor preocupação com a concepção. Dificuldades com o manuseio do preservativo. Piora do desempenho sexual. Incapacidade de mulheres idosas em negociar o uso de preservativo. Estabilidade do relacionamento. Submissão ao companheiro. Somam-se a esses fatores as…

Leia mais

Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e o Envelhecimento

em Saúde por
terceira idade com barreiras

  O diagnóstico de doenças sexualmente transmissíveis (DST) vem aumentando na população com mais de 60 anos. O Envelhecimento é um processo sequencial, individual, irreversível e universal. É um processo não patológico de deterioração de um organismo maduro, próprio a todos os membros de uma espécie. Porém, com o tempo, houve mudanças não somente na condição física e funcional do idoso. Portanto, são pessoas que hoje vivem mais e melhor e com autonomia. A manutenção da forma física e o advento do envelhecimento ativo fazem com que muitos idosos busquem realizar atividades antes negligenciadas. A expectativa de vida dobrou no…

Leia mais

Uma Reflexão sobre Idade e Adultos mais Velhos

em Saúde por

Cada vez mais, aumenta a faixa dos adultos mais velhos, que estão entre os 90 a 100 anos. Mas a idade trás perdas e limitações. Países com alta proporção de centenários também apresentam alta proporção de problemas. Mesmo nestes paíse, é raríssimo encontrar uma pessoa centenária andando sozinha pela cidade tamanha a dependência (física e motora) que ela desenvolve com o passar do tempo. Isto significa, entre outras coisas que é necessário começar a entender como devem ser as cidades no futuro. Os países devem estar preparados para essas adultos mais velhos que chegaram a essa idade. Com alterações cognitivas…

Leia mais

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo