Idoso ativo mas evitando DORT

Idoso Ativo: continuar trabalhando é saudável mas requer cuidados físicos.

em Fisioterapia por

Continuar trabalhando, mesmo com mais de 60 anos, é saudável. Manter-se ativo significa manter relações sociais, que é um fator muito importante para evitar doenças demenciais. Trabalhar significa que os adultos mais velhos continuam executando tarefas simples, mas importantes no dia-a-dia, como gerenciar a própria agenda, controlar finanças, etc. Estas tarefas são fatores importantes na avaliação cognitiva que faz o diagnóstico de demências.

Mas, as alterações físicas do envelhecimento podem trazer uma sensibilidade maior aos distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (DORT).

Segundo o Ministério da Saúde, os distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (DORT), no Brasil também conhecidos como lesões por esforço repetitivo (LER), são as doenças ocupacionais mais comuns em nosso País.

Por isso, é extremamente necessário tratar esse tema com detalhamento profissional para tornar a população mais esclarecida a respeito das LER/DORT.

Primeiramente, é importante definir um pouco melhor as LERs/DORTs. Elas são doenças relacionadas ao trabalho com fatores causais variados, inerentes ou não a atividade laboral. Ou seja, esses fatores podem ser diretamente relacionados ao esforço físico exigido para desempenhar a atividade profissional. Porém, muitas vezes, podem ser agravados por outros fatores não relacionados ao trabalho, como condicionamento físico ou fatores genéticos predisponentes.

As principais características desse tipo de distúrbio são:

– maior incidência em tecidos osteomusculares e neurais de pescoço e membros superiores.

– fadiga muscular.

– sintomas sensitivos variados (dor, formigamento, dormência…);].

– quadro sintomático impreciso e não pontual (sintomas com aspecto, intensidade e localização topográfica variáveis).

O tratamento das LER/DORT se dá, evidentemente, através de técnicas que aliviem o quadro sintomatológico do paciente. Mas é indispensável a intervenção na atividade laboral e/ou no posto de trabalho, a fim de otimizar o alívio dos sintomas e prevenir a reincidência da lesão.

Porém, prevenção de doenças relacionadas ao trabalho pode, e deve, ocorrer com caráter verdadeiramente profilático. Podemos, de modo geral, recomendar pequenas pausas de cinco minutos a cada 50 minutos trabalhados, atentando-se a movimentação das articulações, mudança de postura, alongamentos, hidratação, descanso físico e mental.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo