Coluna do Idoso

Osteófito – entenda o que é o Bico-de-Papagaio

em Fisioterapia por

O envelhecimento causa diversas alterações estruturais na coluna vertebral, conforme já comentado em matéria anterior.

Dentre essas alterações, uma das mais populares é o bico de papagaio.

Eles aparecem com o nome de osteófitos em diversos laudos de radiografias, ressonâncias magnéticas e tomografias computadorizadas. São mais frequentes na população idosa.

É importante, portanto, entender um pouco mais sobre essa manifestação tão comum na coluna das pessoas. Mesmo porque aos osteófitos é atribuída a causa das dores de muitos idosos.

Ao longo dos anos, o desgaste das articulações da coluna diminui o espaço entre as vértebras. O resultado é o aumento do atrito nestas estruturas. Além disso, a desidratação dos discos prejudica a capacidade de “amortecimento” que eles desempenham. Isso possibilita micromovimentos na coluna, causando ainda mais atrito entre as vértebras. Como tentativa de estabilizar essa micromovimentação, que pode ser nociva e causar dores, o organismo estimula a produção de massa óssea nessa região. Essa nova massa óssea forma bordas irregulares nas superfícies vertebrais: esses são os osteófitos.

Em alguns casos, essas formações podem causar dor se estiverem prejudicando a mecânica da coluna durante a movimentação e distribuição de cargas. Ou ainda se estiverem comprimindo alguma raiz nervosa. Porém, na maior parte das vezes, são apenas achados nos exames de imagem, representando sinais de envelhecimento e instabilidade na coluna.

O tratamento, quando conservador, consiste em técnicas de analgesia e estabilização segmentar vertebral, através da ativação de músculos específicos que podem diminuir a micromovimentação, estabilizando quadros de dor e até mesmo prevenindo a formação de novos osteófitos.

Procure um Fisioterapeuta ou Educador Físico com especialização em Pilates e outras técnicas de fortalecimento muscular para ajudar com a recuperação.

Compartilhe esta matéria!

6 Comments

  1. “ESTAMOS AQUI EM CASA ACOMPANHANDO, ACOMPANHADO TODOS TEXTO DO PORTAL “PORTAL DO IDOSO” PREPARADO PELO SENHOR JOSÉ ED: MARTINELLI E SUA VALOROSA EQUIPE E ESTAMOS TAMBÉM PASSADO PARA OS AMIGOS PARTICIPAR”..
    “VALEU E AGRADECEMOS DE CORAÇÃO E UM BOM FERIADO A TODOS DA EQUIPE DO “PORTAL DO IDOSO”..

  2. Tenho bico de papagaio, está deformação acarreta- me dores nas costas logo abaixo do pescoço. Tomo artrolive para hidratar a cartilagem entre os discos da coluna. Li a reportagem sobre bico de papagaio e fala sobre a desidratação dos discos e não da cartilagem, qual de fato ocorre?
    Não sei se o que me alivia mais é o artrolive ou os exercícios de musculação para as costas que faço na academia.
    O artrolive é muito caro, penso em parar de tomar, devo?
    Obrigado pelo site, para nos idosos é um conforto poder saber o que nos acomete.

    • Oi. Primeiramente, gostaríamos de ressaltar que nenhum tratamento deve ser interrompido sem avisar previamente o médico que acompanha o paciente. Se você gostaria de parar de tomar o medicamente, consulte seu médico antes de fazer isso.
      A cartilagem “envolve” os ossos da coluna e os discos são como amortecedores entre os ossos. Ou seja, entre os ossos da coluna existem 2 camadas de cartilagem e entre elas, os discos. Quando os discos sofrem algum dano, na maior parte das vezes, estes danos são irreversíveis. Com isso, as cartilagens ficam mais expostas aos movimentos e acabam sofrendo, causando as dores. Por isso, o remédio para garantir a manutenção da hidratação das cartilagens e o que restou dos discos, já que, provavelmente, os danos aos discos são irreversíveis mas podem evoluir (mas cada caso é um caso e não conhecemos detalhes do seu caso específico para fazermos maiores afirmações).
      O exercício físico é excelente pois aumenta a massa muscular para-vertebral de maneira a estabilizar a coluna.
      Esperamos ter ajudado!

  3. Bom dia

    Após algum tempo sentindo dores nas costas, na região lombar, dores fortes nas pernas abaixo do joelho e um desconforto nos pés, sendo pé sempre gelado e formigamento. pergunto : isto tem haver com bico de papagaio pois acabei de fazer um raio x da lombar e cervical e o resultado foi, bico de papagaio e artrose.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo