Empréstimo consignado na terceira idade

As Vantagens do Empréstimo Consignado

em Ética e Cidadania por

Consignado significa declarado, atribuído, depositado.

Daí vem a expressão “Crédito Consignado” para os empréstimos feitos a aposentados e funcionários públicos quando o pagamento da dívida é tomado pelo banco diretamente do pagamento mensal do salário da pessoa que tomou o empréstimo.

Na semana passada, explicamos que o pagamento de um empréstimo consignado é automático. Isto é, o banco desconta a parcela mensal diretamente do valor depositado pelo pagador do salário ou aposentadoria do contratante.

Hoje, vamos tratar sobre as vantagens do crédito consignado versus outras disponíveis no mercado.

  1. As Taxas de Juros são menores:

Com taxas inferiores às demais linhas de crédito do mercado, o consignado pode ser útil numa situação emergencial. Ou seja, compra de um medicamento mais caro ou conserto de um vazamento de água em caso, por exemplo.

2. Facilidade para Contratar:

Como o banco tem a garantia do recebimento, há pouca burocracia. Portanto, para contratar este tipo de empréstimo e ter o dinheiro liberado na conta é rápido.

3. Os prazos de pagamento são mais longos:

As instituições financeiras costumam oferecer prazos  para pagamento mais longos no empréstimo consignado. Em alguns casos, os bancos oferecem até 120 meses para pagar. Consulte seu gerente no banco sobre as regras para o seu caso.

Mas, fiquem atentos! O ideal é que todas as suas dívidas não superem 20% do que você ganha. Isto é, para cada R$ 100,00 de salário, o ideal é que no máximo R$20,00 sejam usados no pagamento de dívidas. Quem ganha um salário mínimo, não deve se comprometer com dívidas acima de R$ 190,00 por mês. Quem ganha 2 salários, deve pagar parcelas de até R$ 381,60.

No entanto, ao disposto no artigo 107 do Estatuto do Idoso – Lei no. 10.741, de -1/10/2003:

Artigo 107 – Coagir, de qualquer modo, o idoso a doar, contratar, testar ou outorgar procuração.

Pena – reclusão de 2(dois) a 5(cinco) anos.

Considerações finais :

Consulte, sempre, seu gerente de confiança, no banco onde movimenta sua conta.

Se você souber algum caso de violência contra o idoso,  procure o Ministério Público  de  sua cidade.

Mais uma vez, valemo-nos das preciosas informações contidas no site: www.serasaconsumidor.com.br.

Restou alguma dúvida ?

Por favor, escreva-nos

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*