anorexia na terceira idade

Anorexia em Idosos – Causas e Tratamento.

em Nutrição por

A Anorexia é um distúrbio alimentar caracterizado pela redução ou perda de apetite. Provoca desnutrição e perda de peso acima do que é considerado saudável. Com isso, aumenta o risco de morte, pricipalmente em idosos.

A ingestão calórica recomendada para pessoas acima de 65 anos é próxima de 1800 calorias por dia (33 a 40 Kcal/kg de peso corporal). Em geral, a necessidade energética de pessoas mais velhas é menor que de pessoas mais jovens. Isto está relacionado ao fato de que pessoas mais velhas geralmente apresentam um nível de atividade física menor. Além disso, o metabolismo das pessoas cai em torno de 7,5% após os 50 anos e cai mais 10% após os 70 anos de idade. O que significa menor necessidade de energia para o funcionamento basal do organismo.

Porém, estima-se que aproximandamente 40% dos adultos mais velhos consomem menos de 1500 calorias por dia. Mais grave do que isto, é a estimativa de que 16% a 18% dos idosos consomem menos de 1000 calorias por dia. Estas pessoas estão em risco de ter Anorexia.

Algumas alterações fisiológicas do envelhecimento aumentam a pré-disposição à Anorexia:

  1. O uso de medicamentos opióides (analgésicos) reduz o desejo de comer.
  2. Aumento da produção de colecistocinina (hormônio da saciedade).
  3. Aumento da retenção gástrica, causando sensação precoce de saciedade.
  4. Alterações hormonais que reduzem o desejo de se alimentar.
  5. Fatores bio-mecânicos como saúde dental precária, dificuldades de deglutição, redução da produção de saliva, etc.

O diagnóstico de Anorexia é multi-fatorial. Deve-se considerar presença de doenças que aumentam o risco de perda de apetite, como a Depressão. Fatores sociais e ambientais também devem ser considerados. Este idoso mora sozinho? Como é seu acesso a restaurantes e supermercados? Sua mobilidade está preservada?

O tratamento pode ser feito apenas com medidas não farmacológicas. Mas, em casos mais extremos, deve-se incluir medicamentos no tratamento. As primeiras medidas a serem tomadas são:

  • Oferecer sempre alimentos saborosos e bem apresentados.
  • Evitar refeições sozinho. Privilegiar refeições acompanhado de familiares e amigos.
  • Oferecer alimentos em horários regulares, que não afete o apetite para as refeições principais do dia.
  • Utilizar suplementos alimentares (somente sob indicação de médico ou nutricionista).

Quando é necessário um tratamento com medicamentos, normalmente são usados anti-depressivos, substâncias canabinóides (derivados da maconha – somente em países com regulamentação para estas substâncias) e/ ou repositores hormonais.

 

Fonte: La assistencia del paciente geriátrico – Tom J. Wachtel e Marsha D. Fretwell. 2009

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo