terceira idade comendo chocolate

O Chocolate Que Faz Bem Para o Coração

em Nutrição por

Flavonóides são um grupo de substâncias fenólicas encontradas em frutas, vegetais, grãos, raízes, flores, chás, chocolate e vinho. Com ações anti-oxidantes, anti-inflamatórias, anti-mutagênica e anti-carcinogênica, passaram a ser vistos pela comunidade científica como substâncias essenciais à boa saúde.

Mas, nem todos os flavonóides são iguais. Muito menos trazem exatamente os mesmos benefícios à saúde humana.

Assim, algumas pesquisas foram destinadas a identificar os benefícios trazidos pelos flavonóides encontrados no chocolate.

Estes estudos visavam a entender se os flavonóides contidos no cacau, presentes no chocolate, poderiam ajudar na saúde do coração, saúde dos dentes, melhorar a imunidade e a pele e a evitar o câncer. Em 2012, conclui-se que os flavonóides do cacau podem contribuir para a saúde do coração. Todas as outras teorias não foram comprovadas até o momento.

Descobriu-se que os flavonóides do cacau ajudam a manter ou aumentar a elasticidade dos vasos sangüíneos. E isso contribui para melhor circulação sangüínea. Uma melhor circulação de sangue está relacionada ao coração mais saudável.

Porém, não são todos os tipos de chocolate, nem qualquer quantidade que trazem este benefício. Sabe-se que são necessários ao menos 200mg de flavonóides do cacau por dia para obter tal benefício à saúde. Esta quantidade pode ser encontrada em 2.5g de cacau em pó rico em flavonóides, ou em menos de 1g de extrato de cacau em cápsulas. Também em 10g de alguns chocolates amargos.

Então, como escolher o chocolate correto?

Infelizmente, para esmagadora maioria dos chocolates disponíveis no mercado, seus fabricantes não destacam nas embalagens as quantidades de flavonóides contidas naqueles produtos. Mas, sabe-se que chocolates amargos, com maior teor de cacau, possuem maior quantidade de flavonóides que chocolates ao leite. Além disso, a maioria possui em sua formulação grandes quantidades de açúcar e gordura. Portanto, devem ser consumidos moderadamente.

Desta maneira, nossa sugestão é substituir chocolate em pó ou achocolatados por cacau em pó (100% cacau, sem adição de açúcar ou outros ingredientes), principalmente no momento de fazer bolos e sobremesas. E claro, preferir o chocolate amargo ao chocolate ao leite. Dependendo da quantidade de cacau (há produtos no mercado com até 85% de cacau), 10g de chocolate pode dia são suficientes.

 

Fonte: British Nutrition Foundation

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo