escolher atividades para a terceira idade

Como Escolher Atividades na fase inicial do Alzheimer

em Demências e Alzheimer por

Escolher atividades para o dia-a-dia é uma das principais dúvidas das famílias com Alzheimer.

Existem profissionais especializados em escolher atividades, organizar a rotina e acompanhar a evolução do paciente com demência. Tanto o Terapeuta Ocupacional quanto o Gerontólogo são capacitados para isso. Se há disponibilidade, recomendamos que estes profissionais sejam procurados.

Porém, quando não temos acesso a estes serviços, podemos seguir alguns princípios para escolher atividades para nossos familiares com Alzheimer ou outras demências.

A primeira coisa que devemos ter em mente é que portadores de Alzheimer não precisam abrir mão das atividades que gostam de fazer imediatamente após o diagnóstico. As pessoas podem continuar a cumprir suas tarefas e manter suas atividades. Conforme suas habilidades forem sendo afetadas pela doença, estas mesmas atividades, muitas vezes, podem ser adaptadas. Por fim, quando as perdas cognitivas forem muito significativas, as atividades devem ser substituídas.

As vantagens de deixar que o portador de Alzheimer continue a viver sua vida são muitas. Primeiro, em relação à sua própria qualidade de vida: quanto mais indenpente, por mais tempo, melhor sua auto-estima e qualidade de vida. Manter sua rotina significa evitar comportamentos indesejados como agitação e confusão.

Na fase inicial da demência, o paciente pode demonstrar falta de interesse por atividades antes prazerosas. Neste momento, é importante ajudar a pessoa a manter o interesse por tal atividade. Discutir abertamente os motivos da falta de interesse e suas preocupações, ajuda. A partir destas conversas, pode-se adaptar a atividade. Por exemplo, participar de programas sociais com muitas pessoas ao mesmo tempo pode ser estressante. Mas, não se deve deixar de participar desta atividade. Uma alternativa é escolher grupos menores.

Outra atividade importante, já abordada neste portal é o controle das próprias finanças. Devemos deixar que o idoso continue a controlar seu dinheiro, mas tendo atenção. Conforme for perdendo a capacidade de tomar decisões, esta tarefa deve passar progressivamente a uma pessoa de confiança.

Portanto, não precisamos alterar radicalmente as rotinas e atividades dos portadores de Alzheimer em fase inicial. Precisamos sim estar atentos para ir adaptando tais atividades e tarefas à nova realidade funcional e cognitiva que a doença vai trazendo.

 

Fonte: Alz.org

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*