terceira idade com doença silenciosa

Doença Silenciosa que Causa Comprometimento Cognitivo em Idosos

em Saúde por

Calcula-se que quase 25% da população adulta brasileira sofra de Hipertensão. Ou seja, de cada 4 adultos, 1 sofre de pressão alta. Apesar de ser uma doença silenciosa e assintomática, está ligada a altos índices de mortalidade. Isto porque o aumento de pressão eleva riscos de AVC, Infartos e tantas outras enfermidades graves.

E, por ser uma doença silenciosa, muitas pessoas não tomam os remédios.

Em linguagem técnica, se diz que as pessoas não aderem ao tratamento. Já que tomar os medicamentos não faz diferença no dia-a-dia, as pessoas esquecem ou simplesmente decidem não se tratar. No entanto, pessoas com hipertensão devem fazer um tratamento farmacológico por toda a vida. Isto é, pessoas que sofrem de pressão alta, devem tomar remédios para controlar a pressão para o resto de suas vidas.

Mas, descobriu-se em pesquisa recente mais uma conseqüência da não aderência ao tratamento da pressão alta. Pessoas hipertensas, com mais de 60 anos, mentalmente saudáveis acabam desenvolvendo comprometimentos cognitivos quando não tratam corretamente a doença. Isto é, pessoas que não tomam corretamente seu medicamento para a pressão acabam tendo dificuldades de concentração, perda de memória, problemas de atenção, etc.

Este estudo analisou os dados de mais de 20 mil idosos hipertensos, sem demência. Deles, 16.4% não tomavam os medicamentos de pressão corretamente ou simplesmente não tomavam os remédios. Estes idosos apresentaram funções cognitivas mais baixas que os idosos que fazem corretamente o tratamento de hipertensão.

Este fenômeno se torna um problema ainda maior se pensarmos que, para tomar os remédios necessários diariamente, de maneira correta, a pessoa deve gozar de boa saúde mental. Neste caso, inicia-se um círculo vicioso: o idoso não adere ao tratamento de hipertensão e acaba tendo dificuldades de atenção e memória (por exemplo). Desta maneira, acaba por não tomar os remédios, sejam para controle da pressão ou outros medicamentos. Assim, corre o risco de descontrolar o diabetes, esquecer também o remédio para controlar o nível de colesterol, etc. Conseqüentemente, aumenta seu risco de sofre um infarto e/ ou um AVC.

Portanto, se você é hipertenso, cuida de ou conhece algum idoso que sofra de pressão alta, é importante garantir a aderência ao tratamento.

 

Fonte: Revista Nature

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo