Idoso com dentes saudáveis

Envelhecimento dos dentes e principais problemas bucais

em Saúde por

Definir os limites entre o envelhecimento normal e condições patológicas (de doença) é muito difícil. Quando falamos de dentes e saúde bucal, não é diferente.

No envelhecimento saudável, é normal:

  • A cor dos dentes vai se tornando mais escura. Um certo grau de desgaste ocorre normalmente com a perda irreversível de esmalte (parte mais externa do dente).
  • A calcificação progressiva da dentina (tecido conjuntivo diferenciado, secretado pela polpa do dente) durante a vida, dimunui a sensibilidade à dor nos dentes.
  • A raiz dos dentes fica mais espessa. O cemento, tecido mineralizado especializado que recobre a superfície da raiz, cresce por aposição contínua durante toda a nossa vida.
  • Os dentes vão se desviando para frente, no chamado movimento mesial.
  • Diminuição do tamanho da câmara pulpar. A polpa é o centro do dente e, durante nossa vida, vai depositando dentina e reduzindo seu tamanho.
  • A gengiva vai migrando no sentido da raíz do dente. Porém, o tecido gengival sadio não mostra alterações com a idade.
  • A mucosa oral fica mais fina e perde elasticidade. Desta maneira, torna-se mais sensível a traumas.
  • As papilas filiformes vão atrofiando, conferinfo um aspecto mais liso à língua. Com isso, as papilas circunvaladas, que se localizam na parte posterior da língua, ficam mais salientes. Como estas papilas são as responsáveis por sentirmos o sabor amargo, aumenta nossa sensibilidade a este sabor. Veja outras alterações sobre o sabor dos alimentos.
  • Ocorre atrofia das glândulas salivares e conseqüente redução do fluxo de saliva.

Os principais distúrbios encontrados em dentes e boca dos idosos são:

  • Atrição dentária exagerada: quando há um desgaste excessivo. A principal causa é o bruxismo, também conhecido como ranger dentes.
  • Extrusão dentária: o dente torna-se crescido. Normalmente, quando um dente cai, o dente oposto “cresce”. Na verdade, ele vai saindo da sua posição normal e expondo sua raíz.
  • Cárie de colo: cáries no cemento. Acontece com dentes cuja raíz está exposta por extrusão ou retração da gengiva.
  • Gengivite e periodontite por falta de higiene bucal.
  • Perda dos dentes por processos patológicos.
  • Redorbo alveolar diminuído em pessoas com próteses.
  • Xerostomia: diminuição excessiva de saliva. Pode acontecer em decorrência de tratamento com radioterapia na cabeça e pescoço, uso de alguns medicamentos (remédio para controlar a pressão arterial, anti-depressivos, anticolinérgicos) ou algumas doenças.

Mantenha a higiene bucal como um hábito seu e das pessoas de quem você cuida. Procure um dentista regularmente.

 

Photo by Cherry Laithang on Unsplash

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo