Idosos com Osteoporose e exercícios de impacto

Quais os melhores exercícios físicos para combater a Osteoporose?

em Exercícios Físicos por

No artigo anterior, explicamos os efeitos fisiológicos dos Exercícios Físicos no tratamento e prevenção da Osteoporose. Agora, citaremos exemplos de Atividades Físicas adequadas a pessoas que sofrem com esta enfermidade.

Os exercícios que promovem mais estímulos para o aumento da densidade mineral óssea estão em ordem de maior eficácia.

Lembrando que as pesquisas são baseadas nos 3 locais mais prejudicados – Coluna lombar, Antebraço (rádio) e Fêmur / Quadril.

  • Treinamento Resistido – Musculação, Treino Funcional. Redução do risco de quedas, pois melhora o equilíbrio, força, mobilidade, coordenação e marcha (deslocamento).
  • Esportes com impacto – Benefícios principalmente nos locais mais estimulados; exemplo: Voleibol- coluna e fêmur; Tênis – rádio.
  • Corridas de curta ou média duração – benefícios para o colo do fêmur e coluna; maratonas podem aumentar a excreção de cálcio pela urina, portanto não são indicadas.
  • Caminhada – apenas manutenção da densidade óssea, não promove tantos impactos osteogênicos.
  • Hidroginástica – o impacto não é tão alto, por isso é necessário sessões com intensidades altas e sobrecargas adicionadas para se obter os mesmos efeitos do item 1.
  • Natação- possui pouco estímulo mecânico pela posição horizontal. São necessários materiais que aumentem a resistência na água durante os nados.

Muitos estudos comprovam que a Hidroginástica e a Musculação têm muitas semelhanças no aumento da densidade mineral óssea de antebraço, quadril e coluna lombar, sendo a segunda mais eficaz.

Exercícios Aquáticos têm menos impacto, pois não envolvem a sustentação do peso e isso reduz a carga na coluna espinhal e calcâneo (osso que forma o calcanhar). Exercícios neste meio são mais indicados quando o idoso já possui uma densidade mineral óssea muito baixa ou já está com limitações de mobilidade.

Neste meio, é possível trabalhar os exercícios em alta intensidade; na Hidroginástica, materiais que geram resistência além da própria água (halteres, tornozeleiras, coletes, macarrões) são eficazes. Exercícios como: saltos, caminhadas, globais (utilizando braços e pernas ao mesmo tempo) também devem ser inseridos nas sessões.

Na modalidade Natação, materiais como flutuadores, palmares, pranchas, pés de pato, pára-quedas promovem um maior impacto osteomuscular aumentando sua eficácia sobre a doença.

Concluindo, os Exercícios Físicos visam produzir carga para os ossos trazendo benefícios preventivos e de tratamento da Osteoporose. É importante que o idoso possa relatar sintomas de dor ou desconforto durante a sessão para que o educador físico adapte os exercícios e assegure seus benefícios.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo