Prevenir a Demência de Alzheimer

Como Prevenir o Aparecimento da Doença de Alzheimer?

em Demências e Alzheimer por

A Demência de Alzheimer é uma doença muito comum e limitante. Sua evolução tira a autonomia e a independência das pessoas afetando toda a família. Seu impacto nos custos dos sistemas de saúde é enorme. E ainda não existe cura para esta doença.

Por isso, muitas pesquisas são realizadas nas áreas de prevenção. Mas, como saber o que é real? Já que, infelizmente, também muitos boatos e notícias falsas (fake news) são difundidas em redes não científicas.

Como prevenir o aparecimento da Doença de Alzheimer da maneira mais eficiente possível?

Antes de mais nada, vale lembrar que prevenir é tomar ações para diminuir os fatores de risco associados à doença. Dessa maneira, reduzimos as chances de desenvolvimento desta doença. Não significa ter 100% de certeza que a doença não vai aparecer.

Hoje em dia, já é bem estabelecido o importante papel dos fatores de risco cardiovasculares no desenvolvimento de Alzheimer. Anteriormente, acreditava-se que tais fatores de risco seriam importantes somente para o desenvolvimento da Demência Vascular.  Fatores de risco cardiovasculares compreendem: hipertensão arterial (pressão alta) não controlada, dislipidemia (colesterol alto) não controlado, sedentarismo e tabagismo.

O descontrole desses fatores leva a um ambiente pró inflamatório. Ou seja, um desequilíbrio do sistema imunológico mais a favor da inflamação. Além disso, a própria lesão dos vasos sangüíneos facilita o desenvolvimento da Doença de Alzheimer por outros mecanismos.
 
Logo, hoje em dia, a melhor evidência para a prevenção dessa doença é o controle da hipertensão e da dislipidemia, a realização de atividade física e a cessação do tabagismo na idade adulta.

Além disso, através das evidências, é dada muita importância à sociabilidade e à escolaridade. Contatos e laços sociais são importantíssimos não só na prevenção como no tratamento e no controle de sintomas da Demência de Alzheimer. O acesso a escolaridade também tem importante impacto na prevenção.

Existem vacinas anti-alzheimer? Não. Existem remédios e pílulas anti-alzheimer? Não. Mas, existem hábitos de vida saudáveis atrelados ao cuidado e respeito que os mais velhos merecem que reduzem consideravelmente o risco de desenvolver a doença.

7 Comments

  1. Olá, meu pai tem 88anos, ultimamente tem sentido febre, mas só começa no fim da tarde por volta das 17.30, 18hs.e acompanha de diarreias e confusão mental, medicamos ele com gotas de dipirona, ai sim ele melhora, a febre chega a 37.8,e não sei ao certo se é considerado febre. Mais ele fica muito ruim. Levamos ele a vários médicos, exames foram feitos sangue, urina ultrassom pois sente dores abdominais. E não deu nada eles falam que pode ser desidratação. Nós de uma orientação. Obrigado!

    • Sem conhecer o paciente, não podemos orientar. Seria mera especulação da nossa parte. O que posso dizer é que sim, desidratação causa confusão mental e vários outros sintomas em idosos. Minha sugestão é garantir que ele bebe pelo menos 2 litros de agua todos os dias durante 1 semana para tirar a prova.

  2. Minha mãe tem 56 anos, ando muito preocupada com ela…já faz algum tempo q ela conta as mesmas histórias…se aconteceu algo novo ela fica contando todos os dias para nós como se fosse a primeira vez…Estou muito preocupada…

  3. Minha mãe teve Alzheimer por 10 anos. Em setembro de 2018, ela começou com um quadro de diarréia constante e dores abdominais. Necessitou de fraldas.
    Foi internada, os médicos suspeitaram de vermes e desidratação. Logo ela teve alta médica e voltou para casa.
    No dia 02 de dezembro do mesmo ano, do nada me disse que ia morrer.
    Estava com dores abdominais novamente, febre baixa e suando muito, corri para o hospital com ela.
    Lá já constataram tb pressão baixa, foi internada novamente e uma semana depois estava MORTA por sepse(infecção generalizada) causada por um Câncer que rompeu seu intestino.
    Câncer esse, nunca diagnosticado pelos “médicos”.
    Portanto, vá ao fundo para descobrir as causas de dores abdominais, febre, diarréia e pressão baixa, infelizmente existem médicos extremamente negligentes e incompetentes que brincam com a vida alheia.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo