idoso com desconfortos gástricos

8 Dicas para diminuir desconfortos gástricos

em Nutrição por

Desconfortos gástricos podem aparecer com o processo de envelhecimento. Isto porque algumas mudanças ocorrem em diferentes órgãos, tecidos e células do organismo.

Até recentemente, o envelhecimento do trato gastrointestinal era estudado do ponto de vista morfo-funcional e isoladamente. Isto é, observava-se apenas as alterações físicas e de funcionamento de cada órgão separadamente.

Desta maneira, alterações associadas ao envelhecimento da musculatura lisa (que são todos os tecidos contráteis do trato gastrointestinal, exceto os da faringe, do terço superior do esôfago e do esfíncter anal externo), do plexo mio-entérico (parte do sistema nervoso que coordena os movimentos do trato gastrointestinal) e da produção de enzimas e outras secreções seriam responsáveis por alterações pouco expressivas da motilidade (movimento típico de órgãos como instestino e esôfago para deslocar o bolo alimentar) e da função do trato digestório. Não eram traziam evidências suficientes para explicar desconfortos gástricos.

Hoje, com a visão mais ampla da integração de sistemas fisiológicos observa-se que, além das alterações morfológicas e funcionais mais evidentes, o envelhecimento do trato gastrointestinal é vinculado ao surgimento de sintomas em outras esferas. São a anorexia do envelhecimento, a hipotensão pós-prandial, o desenvolvimento de hipovitaminose B, dispepsia, disfagia  e outras condições associadas também a desconfortos gástricos.

As principais queixas relacionadas ao envelhecimento do esôfago são de engasgo constante, disfagia (dificuldade para deglutir), sensação de alimento na garganta, sensação de empachamento, desconforto pós prandial (após a alimentação).

Algumas condutas alimentares para diminuir os desconfortos gástricos são:

  1. Evitar alimentos irritantes da mucosa como: café, chá, condimentos, molhos prontos (mostarda, catchup, molho de tomate…), alho, cebola, bebidas gaseificadas (refrigerantes, água com gás…), leite, álcool, cigarro.
  2. Incuir alimentos que favorecem a digestão como o orégano, o tomilho, o alecrim, o gengibre.
  3. Evitar de deitar-se após as refeições
  4. Evitar de dormir com a cabeça baixa. Procurar elevar a porção anterior da cama para diminuir a compressão do esôfago.
  5. Evitar de ingerir líquidos durante as refeições.
  6. Não consumir refeições com alto teor de gordura
  7. Evite proteínas de origem animal como carne bovina, ave, suína ou peixe. Ela retarda a digestão e o esvaziamento gástrico.
  8. Não fazer períodos de jejum prolongado.

Priorize:

  • Refeições com consistência e temperaturas mais brandas
  • Inclua preparações mais pastosas como purês de batata doce, mandioquinha.
  • Os vegetais devem ser cozidos no vapor e com consistência macia.

Seguem abaixo idéias de receitas para você incluir no seu cardápio. São preparações leves, saborosas e muito saudáveis. Bom apetite !

Prato principal: Feijão Azuki com abóbora e gengibre e Bolinho de Mandioquinha, orégano  e queijo coalho.

  • Feijão azuki com abóbora e gengibre

Ingredientes:

200 g de feijão azuki

600 ml de caldo de legumes

1 colher de óleo de girassol

1 colher de sopa de alho porró

1 xícara de abóbora japonesa (em cubos)

Sal Marinho

1 colher de sobremesa de gengibre ralado (finamente)

Salsa

 

Modo de preparo:

Lave o feijão azuki em água corrente e escorra. Deixe-o de molho por 6 horas, descarte a água e cozinhe-o em no caldo de legumes. Numa panela coloque 1 colher de sopa óleo, e salteie por 1 minutos em fogo baixo, o alho porró. Junte a abóbora e salteie por mais 1 minutos. Adicione 2 xícaras de caldo e o sal e cozinhe em fogo médio por 5 minutos. Acrescente o feijão, 2

xícaras de caldo, e o gengibre. No final salpique a salsa por cima.

 

Rendimento: 4 – 5 porções

 

  • Bolinho de mandioquinha com ricota e orégano

 

Ingredientes:

4 mandioquinha descascadas, cozidas e espremidas (sem a água de cozimento)

150 g de ricota fresca ralada

1 ovo

4 colheres de farinha de trigo

Sal marinho

Orégano fresco

Óleo de girassol para grelhar.

 

Modo de preparo:

Prepare um purê bem firme com a mandioquinha. Acrescente o ovo, a ricota ralada, o sal, e o orégano. Misture bem e aos poucos acrescente a farinha até dar um ponto de fácil manipulação.

Aqueça uma frigideira antiaderente com um fio de óleo.

Modele pequenas bolinhas e doure-as dos dois lados.

Sirva em seguida.

 

Sobremesa: Sopa fria de frutas amarelas

 

Ingredientes

1 fava de baunilha (ou 1 colher de sobremesa de essência de baunilha)

200 ml de ága

1 canela (pau)

1 manga grande

½ abacaxi

½ mamão formosa

2 bananas nanicas

Suco de 1 laranja

 

Modo de fazer:

Solte as sementinhas da fava de baunilha e coloque no suco de laranja. Descasque e corte as frutas em pedaços, guarde alguns cubinhos para decorar e bata o restante no liquidificador com o suco de laranja. Coloque os cubinhos de frutas na sopa e sirva.

Rendimento: 8 porções

 

Dica: Para obter um resultado mais cremoso, antes de bater as frutas com o suco de laranja, leve-as para o freezer por 40-50 minutos para ficarem quase congeladas.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo