Sonda alimentar na terceira idade.

Decisão de Colocar Sonda Alimentar em Paciente que Não Come

em Demências e Alzheimer/Nutrição por

A sonda alimentar é um instrumento utilizado para nutrir e hidratar pessoas que não comem e não bebem líquidos. Normalmente, são utilizadas em pessoas que não podem mais comer, por inúmeros motivos. Ou seja, pessoas com dificuldades de engolir ou até mesmo daquelas que não se alimentam por falta de apetite. E, não podemos esquecer daqueles que decidiram parar de comer. Assim, os 2 tipos mais usados de sonda alimentar são a naso-gástrica (que é colocada pelo nariz) e a gastro-enteral (colocada diretamente no estômago através de um corte).

Mas, antes de submeter nosso familiar idoso a um procedimento de colocação de sonda alimentar, devemos entender suas condições de vida.

No caso de pessoas com comprometimento cognitivo ou físico que as impede de se alimentar sozinhas, a primeira opção é alimentar estas pessoas manualmente. Ou seja, alguém deve “dar comida na boca” destas pessoas. E, este hábito da alimentação por boca deve ser prolongado ao máximo. Porém, há casos de pessoas idosas que simplesmente recusam a alimentação. Muitos podem ser os motivos, inclusive a própria preparação para a morte.

Por isso, neste momento, sugerimos que seja feita uma avaliação médica e psicológica do paciente.

Após uma boa avaliação, devemos nos ater a fatos sobre a alimentação enteral. A primeira informação importante a respeito é: não há evidências de que alimentação por sonda de gastrostomia (aquela em que a sonda é ligada diretamente ao estômago) prolongue a vida das pessoas com demência. Mas, sabe-se que este tipo de sonda costuma ter maior sucesso na recuperação do peso e saúde física de pacientes (com ou sem demência). Além disso, devemos sempre respeitar a vontade do paciente. Seja esta vontade manifestada através de testamento vital ou verbalmente por pessoa lúcida.

Para decidir tecnicamente sobre a coloção ou não da sonda alimentar e qual tipo de sonda utilizar, sugerimos fazer uma avaliação geriátrica ampla. Pode-se começar pelo prognóstico da doença e possibilidades de cura. Também é importante avaliar o atual estado nutricional. Não menos importante é entender a possibilidade de outras doenças que podem influenciar a decisão de não comer ou a falta de apetite. A ocorrência de Depressão é uma destas possibilidades. Algumas vezes, o tratamento da Depressão pode reverter o quadro de falta de apetite ou recusa de alimentação. Por último, é necessário avaliar os cuidados necessários e o nível de assistência que pode ser disponibilizado para a pessoa que deve receber a alimentação por sonda.

Se você tem algum familiar ou pessoa querida com muita dificuldade de comer, procure um médico.

 

38 Comments

  1. Minha preocupação é saber, que tipo de comida, a ser oferecida a um paciente, que se recusa a alimentar-se. Essa comida pode ser composta, por alimentos com sabor adocicado? Ou essa comida pode ser composta de alimentos com sabor Salgado? Ou, amargo? Qual a apresentação dessa comida? Pode ser líquida, pastosa, normal? Qual a temperatura dessa comida, quente, morna, fria, gelada? Quais as cores dos alimentos, que compõe essa comida? Coloquei alguns aspectos, que podem influenciar no despertar do apetite. A intenção é apresentar o maximo de opções, para evitar a entubação e suas consequências, considerando também, o testamento vital.

  2. Olá Juliana, meu nome é Benedito Oliveira, sou fonoaudiólogo pós graduado em disfagia e fonoaudiologia hospitalar, trabalho há mais de 4 anos só com pacientes gerontológicos e em processo demencial, gostaria de acrescentar a sua publição.
    Bom juntamente à equipe multi, faz-se necessário a avalição e acompanhamento fonoaudiológico. Sobre as atividades que realizamos aqui, costumamos avaliar a possbilidade de sugerir via alternativa de alimentação (seja sonda nasoenteral ou gastrostomia) caso, mesmo com adaptações de consistencias de dieta e terapia, não consigam retardar o processo natural da perda de função da deglutição. Hoje em dia trabalhamos com vários aspectos relacionados as fases da alimentação oral (antecipatória, preparatória, oral, faringea), o que mais se oberva é que cada paciente progride de maneira individual e por isso, juntamente com os demais colegas, participamos desse processo.

  3. Meu pai encontra-se com fibrose pulmonar por conta da traqueostomia ele precisou colocar a sonda alimentar pela garganta pois não conseguiram introduzi-la pelas narinas, ele está consciente e a sonda o incomoda muito, por conta disso ela a arrancou essa semana e hoje novamente fizeram o procedimento para introduzi-la pela garganta, nesse caso não seria mais conveniente fazer a introdução da sonda direto no estomago, visto que pela garganta o paciente esta desconfortável ? Qual método menos incomoda em geral os pacientes ?

      • Meu Pai está internado no HB de Rio Preto ..tem doença de Chagas.. Foi p lá pra cuidar da dor de garganta e por conta q perdeu a vóz. Porém hoje já faz mais de 40 dias que está lá foi pra UTI sai fazem 4 dias :teve um infarto e os médicos fez exames e disse q ele vai ficar a vida toda com a sonda.porque isso acontece?

        • Essa pergunta deve ser feita à equipe médica que está cuidando dele. A utilização de sonda alimentar se dá quando o paciente perde a capacidade de se alimentar. O que aconteceu para ele perder essa capacidade, somente a equipe médica pode responder.

  4. Olá, meu pai foi diagnosticado com câncer de estômago e desde então tudo que ingrere passa pouco tempo no estômago e vomita. Apenas vem se alimentando por líquidos, comida bem pastosa (quando consegue) e soro intavenoso, haveria necessidade de por uma sonda nele enquanto aguarda a confirmação da biópsia?
    Ou se deve prosseguir só com a alimentação líquida mesmo ele tendo vômitos?
    Desde já obrigado

  5. Minha esposa tem esclerose múltipla e está usando gastro direto no estômago mas engasgava muito líquido e não mastigava bem mais perdeu 24 kg

  6. Meu pai tem 74anos não consegue comer nem engolir nem água e a sonda entroduzida pelo nariz não entrou no estômago voltou o que devemos fazer

  7. Minha mãe teve a oitava pneumonia por broncoaspiração, os médicos fizeram um deglutograma e concluíram que qualquer coisa que ela come vai diretamente para o pulmão, alem disso ela tem uma hérnia de hiato que tudo que ela come volta. Então eles nos sugeriram uma sonda no jejuno. Doutor, o que acontece com as pessoas que não podem comer e colocam essa sonda?

  8. Boa tarde meu pai com 80 anos com sequela de AVE esquemica e demência por alzaimer apresenta disfagia e soluços porém ja está sendo assistido por um equipe médica Home care onde sugeriram gastrostomia endoscopia percutania mas estamos com dúvidas em permitir tal procedimento pois com a ajuda da fonoaudióloga ele tem conseguido comer

  9. Minha mãe tem 93 anos,quadro de auzaimer bem avançado,não estamos conseguindo faze-la comer,o médico sugeriu a sonda gástrica, devemos colocar,ou continuar alimentando aos poucos,como estamos fazendo no momento,dando bem líquido na seringa

  10. Olá, não conhecia essas coisas, até minha mãe de 91 anos passar por isso,ela tinha Alzheimer avançado, não comia e nem bebia, tentamos na seringa, tinha muito medo de dar comida mesmo sopa bem pastosa e ela broncoaspirar, por outro lado ela estava desnutrida e emagrecendo, era muito difícil, por fim adquiriu uma pneumonia , internou 03 vz, foi colocada uma sonda com muita dificuldade, porque a passagem dela era estreita, ela arrancou a sonda, então por indicação médica e da fonoaudióloga, fez a gastrostomia no sábado (a cirurgia correu bem) faleceu na segunda 08.06.20 apesar da idade avançada e do problema de saúde, minha mãe era forte , tinha uma saúde boa para a idade. Às vezes penso q se soubesse mais desse assunto antes, teria evitado algumas coisas, porque para quem cuida informaçao é muito. Muito válido esse canal aqui. Deus abençoe.

  11. Meu pai 40 dias no cti está na enfermaria com.uma sonda na boca e uma traqueostomia , fez tomografia não tem sequelas e seus sinais vitais estão normais mas ele não acorda já abriu os olhos pediu água com dificuldade mexeu algumas partes do corpo tem uns 6 dias que não administravam sedativo nele ele ainda pode acordar ? Devemos realizar um sonda enteral no estômago ? Queria esperar o tratamento dele com antibiótico acabar , ele recebeu bolsa de sangue e está fazendo hemodiálise. Queria saber se pode acontecer de um paciente demorar a acordar ..

  12. Minha mãe está com sonda nasograstica e quer beber água pela boca…tomar leite…em suma ela tá com sede e adora comer..POSSO DAR ÁGUA A MINHA MÃE..?

  13. Eu tenho minha mãe com diagnóstico de Alzheimer antes durante um bom tempo o médico dizia que era demência e depois de muito tempo consegui o diagnóstico de Alzheimer, ela tem 58 anos já faz pouco mais de 10 anos que ela começou a apresentar os sintomas, no momento ela não conversa mais, sou eu que dou banho ela usa fralda já há cerca de dois anos não sabe quem eu sou e pra piorar ela está apresentando problemas com a alimentação já tentei colocar música para manter a atenção dela, já tentei animar ela conversando insentivando, já tentei mudar para horário mais cedo, também mais tarde pra ver se é falta de fome naquele horário mas ainda não tive sucesso, ela tá definhando está cada vez mais magra levei ao médico ele indicou passar para um gastro para passar para alimentação direto no estômago mas com essa pandemia fico com medo e sinto muito medo desse tipo de procedimento, será que ainda tem jeito pra resolver isso sem cirurgia, eu sofro por ver ela assim, ela é tão jovem, gostaria que ela estivesse bem, tenho colegas com a idade dela, não consigo aceitar isso que está acontecendo com ela, passa o dia todo andando pra lá e pra cá, se eu não sentar ela ela fica até cair e quando eu sento ela dura poucos minutos sentada.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo