Alucinções ou delírios em idosos com DA

Entenda o Que é Tremor Essencial e Suas Conseqüências

em Saúde por

O Tremor Essencial é uma entidade benigna mas que pode ser limitante e prejudicar a auto estima e sociabilidade do paciente. 

Tremores são movimentos involuntários. Ou seja, acontecem sem o nosso comando e são caracterizados por serem rítmicos e oscilatórios. A investigação deste sintoma é complexa e desafiadora para o médico geriatra ou neurologista, pois possuem diversos diagnósticos diferenciais. 

Sim, são diversos os diagnósticos diferenciais dos tremores. E, na geriatria, não são sinônimos de Doença de Parkinson, sendo essa somente uma das possíveis causas de tremores nos pacientes de mais idade.

O tipo mais frequente de tremor na geriatria é o chamado Tremor Essencial, uma entidade clínica muito diferente do Parkinson mas caracterizada também por tremores. 

Ao avaliar esse sintoma, o geriatra deve realizar exame neurológico completo e também caracterizar o tremor detalhadamente na história clínica do paciente. Além disso, diversos pontos devem ser esclarecidos na consulta como tipo de medicamentos em uso, história passada de AVC, doenças psiquiátricas, doenças da tireóide, entre outras. 

E o que o difere da Doença de Parkinson? As características clínicas dos tremores são bem diferentes. Por isso, o geriatra ou neurologista, através de exame físico e observação atenta, muitas veze é capaz de distingui-los. É um tremor que ocorre nos movimentos e não em repouso, mais comumente nos membros superiores. Aqui, é mais comum haver familiares com quadro semelhante. 

A doença afeta outros sistemas, causando outros sintomas, como no Parkinson? Não. O tremor essencial de fato pode ser progressivo, mas diferentemente do Parkinson, não há rigidez muscular e dificuldades de mobilidade e também não há sintomas não motores, ou seja, sintomas não relacionados ao tremor propriamente dito.

Como se trata? Há medicações específicas, muito distintas das medicações para Doença de Parkinson, para a melhora deste tipo de tremor. 

Tremor é um sintoma limitante, mesmo na ausência da doença de Parkinson. Por isso, deve ser cuidadosamente avaliado pelo médico especialista. 

Imagem de Marisa Howenstine on Unsplash

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo