Idoso com asma bronquica

Idoso tem Asma? As diferenças da Asma Brônquica e Cardíaca.

em Geral por

Fazer o diagóstico de Asma Brônquica em pessoas idosas é muito difícil.

A Asma Brônquica Extrínseca ou Atópica é uma doença hereditária que pode se manifestar dos 9 meses de idade até a adolescência.

Normalmente, entra em remissão (ou seja, em pausa) por volta dos 10 anos de idade. Assim, a pessoa com Asma pode ficar sem crises pelo resto da vida, ou por períodos muito longos de 10, 20, 30 anos.

Quando uma pessoa mais velha passa a ter crises de asma (broncoespasmo) caracterizada por chiado no peito, falta de ar e tosse é necessário investigar o histórico da doença. O médico precisa saber se a tríade clínica característica da doença (chiado, falta de ar e tosse) acontecia no passado. Quando esta pessoa era criança, ela tinha crises semelhantes? Sabe dizer se foi diagnosticado com “bronquite” ou asma no passado?

Também é necessário investigar o histórico familiar se o paciente não souber informar se já teve ou não a doença. Para o diagnótico correto é fundamental questionar se familiares diretos (pai, mãe, irmãos, tios e avós) são portadores de alguma atopia. Isto é, se apresentam asma, eczema atópico, renite alérgica ou urticária gigante. É indispensável identificar qualquer forma de atopia.

Em caso positivo, o diagnóstico pode ser de Asma Brônquica. Depois de um longo período em remissão, a doença pode ter entrado em atividade novamente. O importante é saber que a doença já existia (por ser hereditária) e estava “adormecida”.

Nos adultos mais velhos, o médico deve estar alerta para diferenciar a Asma Cardíaca da Asma Brônquica. Embora as manifestações clínicas sejam as mesmas (chiado no peito, falta de ar e tosse predominantemente noturnos), a causa destes sintomas é diferente. Na Asma Cardíaca, a insuficiência cardíaca leva a estes sintomas. Portanto, a terapêutica é completamente diferente.

É necessário informar que existe também a Asma Brônquica Intrínseca. Esta doença começa a apresentar sintomas por volta dos 45 anos de idade não tem relação com hereditariedade ou atopias. Porém, evolui com períodos de broncoespamos como a asma atópica.

Precisa de mais informações? Entre em contato conosco.

1 Comment

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo