Envelhecer com saúde

Atividade Física na Prática: Iole, 87 anos

em Exercícios Físicos por

Na minha experiência de educador físico, já pude vivenciar os benefícios da prática da Atividade Física Planejada para pessoas mais velhas.

Vamos publicar alguns relatos de alunos idosos para inspirar todos os que ainda não praticam atividades. Esta semana apresento a senhora Iole.

Quando a família de Iole nos procurou para iniciar a prática de atividades, começamos pela anamnese. Seus cuidadores (nada mais que 9 filhos e uma ajudante do lar) nos relataram seu dia-a-dia.  Possui a Doença de Alzheimer por volta de 7 anos mas ainda nas fases iniciais, com comprometimento apenas da memória recente. Também utiliza remédios para pressão e memória.

Começamos com exercícios em casa.

Envelhecer com saúde
Dona Iole é um caso real de envelhecimento com saúde.

Deslocá-la de casa talvez fosse um motivo para faltas e desconforto. A idéia foi manter as sessões na sala de estar, utilizando o espaço, móveis e estruturas da casa. O objetivo era tornar algo funcional junto ao cotidiano já estabelecido.

Como dito anteriormente, Iole está com sintomas iniciais de Alzheimer que não evoluíram. A memória recente está mais comprometida, mas a de longa duração, bem preservada. Lembra o nome dos 9 filhos, do passado em sua cidade natal, do trabalho na farmácia (e das injeções que aplicava). Mas os fatos atuais são facilmente esquecidos.

A sessão de exercícios físicos estimula bastante sua memória recente. Por isso é importante trabalhar a função cognitiva. Contagem das séries em voz alta e explicar cada série como se fosse a primeira vez são essenciais. Mas sempre estimulando-a  lembrar de alguns detalhes  e, ao mesmo tempo, não fazê-la perceber que está esquecendo para não gerar uma situação incômoda.

O programa contém exercícios de musculação e caminhada.

Entenda porque a musculação também é importante para as pessoas mais velhas.

Em nossos exercícios fazemos musculação com variações de carga, intensidade, estímulos para aumentar massa muscular e ganho de força . Também são feitos exercícios de caminhada para estimular sua agilidade, coordenação e equilíbrio. Sempre começamos com uma sessão leve de alongamentos. Tudo de acordo com suas limitações e potencialidades. Iole já possui boas flexibilidades de quadril, coluna lombar e quadríceps.

Nos exercícios de caminhada trabalhamos a marcha, deslocamento entre cones em zigue-zague, laterais, de costas, diagonais, acelerando, batendo bola de pilates no chão, arremessando e chutando a mesma em alvos e circuitos por tempo. Tudo feito na garagem de sua casa.

Com relação aos exercícios de musculação, usamos a cadeira de sua sala de jantar, para exercícios sentados, e uma parte mais alta que o chão para exercícios deitados, para facilitar sua mobilidade na posição. Os materiais: faixas elásticas, tubos de látex, tornozeleiras, halteres, bola de pilates, bosu, colchonete e cones fazem parte da rotina das sessões.

Alguns exercícios, com a excessiva repetição, passam a fazer parte da memória de longa duração. Nomes e posturas começam a ser lembrados por Iole quando pronunciados. Antes e após a sessão, oriento os cuidadores a abastecê-la com uma fruta para a manutenção da massa magra e reposição da energia, além da hidratação.

Paralelamente, Iole tem aulas de pintura em que produz quadros muito caprichados. Faz inúmeras peças de tricô e crochê (centenas de tapetes, cachecóis, gorros, etc) e pensa em retomar as aulas de piano. Sempre seu bom humor está presente nas aulas. Um belo exemplo, em seus 87 anos, de uma velhice ativa e com qualidade de vida.

Compartilhe este artigo com aqueles amigos que sempre inventam desculpas para não começar a se exercitar!

2 Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo