Idosos e crianças são mais susceptíveis a mudança do horário de veão.

Por que algumas pessoas reclamam do Horário de Verão?

em Saúde por

Com a chegada do horário de verão, muitas pessoas se preocupam com aquela “horinha” a menos do domingo.  O horário de acordar na segunda-feira… E essa mudança não significa apenas “menos tempo” para dormir à noite. Ou acordar “mais cedo”, como muitos dizem.

O corpo realmente faz modificações para se adaptar ao horário de verão.

Isso ocorre porque o corpo humano segue o ritmo circadiano. Isto é, o período de aproximadamente 24 horas em que se baseia o ciclo de funcionamento biológico do corpo. Leva em conta a luminosidade, a temperatura e outras variações ambientais que ocorrem ao longo do dia. O ritmo circadiano é basicamente um relógio interno de 24 horas que está em funcionamento no sistema nervoso central, regulando ciclos de sonolência e alerta em intervalos regulares. O pico do declínio de energia anormalmente ocorre no meio da noite (entre as 2 e 4 horas da madrugada) e logo após o almoço (entre 13 e 15 horas). Justamente nos momentos em que o sono aparece e a disposição física diminui.

Todo o funcionamento do corpo, como ativação muscular, digestão, pressão arterial e taxa metabólica são regulados pelo bom funcionamento desse ciclo, uma vez que a produção e liberação de hormônios importantíssimos ocorrem de acordo com o ritmo circadiano.

Segundo especialistas, idosos e crianças são os mais afetados com essa mudança. A alteração do ritmo de sono ocasiona irritabilidade durante o dia, mudança de comportamento alimentar, sonolência no horário de produtividade e falta de sono no horário em que deveriam dormir.

Veja como a posição do corpo pode ajudar na hora de dormir.

Para se adaptar com mais facilidade ao horário de verão (o que pode ocorrer em até uma semana), algumas dicas são válidas:

– alimentação saudável; veja aqui algumas dicas.

– prática de atividades físicas;

– manter a rotina diária sem grandes alterações, principalmente nos primeiros dias;

– evitar o uso de eletroeletrônicos no período da noite.

Gostou? Compartilhe!

 

Photo by Simon Matzinger on Unsplash

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo