Idoso social

Palavras-cruzadas ajudam a prevenir a Doença de Alzheimer?

em Demências e Alzheimer por

Freqüentemente, perguntam para mim se ter o hábito de fazer palavras cruzadas ajuda a prevenir a Doença de Alzheimer.

Podemos dizer que ajuda a manter uma certa atividade intelectual. Mas outros procedimentos são mais efetivos no sentido de prevenção.

Vamos então falar de Sociabilidade e Intelectualidade.

Quando pensamos o que é Sociabilidade, vemos que esse conceito é muito amplo. Várias atividades podem ser desenvolvidas para que o individuo se torne socialmente ativo. Vamos ver alguns exemplos:

  • Atividades de lazer. Ir ao cinema, ao teatro, passear em shopping e parques com amigos e familiares.
  • Manter-se ativo com responsabilidades. Por exemplo, fazer supermercado, ir à feira, etc.
  • Renovar a manter um círculo de amizade ativo. Ir a casa desses amigos, reuni-los para um jogo de baralho, ir a festas de aniversários e frequentar grupos.
  • Viajar em família ou em excursões. Em Jundiaí, a Associação dos Aposentados e Pensionistas promove regularmente excursões de 2 a 3 dias para vários lugares do estado geralmente estâncias minerais ou para o litoral e cuja finalidade maior é a sociabilidade entre as pessoas.
  • Participação em cursos (para aprender línguas, pintura, lidar com a nova tecnologia eletrônica – computadores, tablets, smartphones). Frequentar cursos significa estar em contato com várias pessoas.

Por aproximadamente 20 anos, mantivemos na Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) um curso semanal, com duração de 1 ano. Por um período de 2 horas um tema era abordado sobre saúde. Chamava-se Faculdade de Medicina para Terceira Idade e era ministrado nas dependências da faculdade. Certa vez, conversando com alunos de 76 anos, que estava frequentando o curso pela quarta vez, perguntei porque estava no seu quarto curso. Anualmente os temas são os mesmos. Ele não estava cansado de revê-los? A resposta foi que sempre alguma coisa nova se aprende e é bom reforçar o que já aprendeu.

Entenda como manter-se ativo profissionalmente também contribui para a preveção da demência.

Mas o motivo real de estar no seu quarto ano consecutivo de curso é a Sociabilidade.

Quando em aula, ou no tempo que antecede o inicio das aulas, novas amizades vão se criando a cada curso e novos círculos de amigos vão se formando. Assim, programas sociais vão se realizando. Portanto, o real motivo d’ele estar frequentando o curso várias vezes era pela Sociabilidade, pelo inter-relacionamento entre os alunos. Assim como esse curso possibilitou essa interação qualquer outro curso também vai permitir a aquisição de novos conceitos e conhecimentos como vai proporcionar a interação com os outros alunos com formação de novas amizades.

Além da Sociabilidade, a Intelectualidade também é muito importante.

Não se deve confundir Intelectualidade com Escolaridade.

Muitas vezes pessoas que tem o primário completo é mais intelectual do que quem frequentou a universidade. Gostar de boa leitura e ler com frequência livros dos mais variados contextos, assim como jornais e revistas é melhor do que fazer palavras cruzadas. Poder discutir os assuntos do momento com familiares e amigos promove um bom funcionamento cerebral ativando várias áreas e promovendo a prevenção de vários problemas.

O uso da internet através das redes sociais e de seus conteúdos, bem como pela grande dimensão de informações que ela proporciona, também contribui com a Intelectualidade e com a Sociabilidade.

Gostou do nosso texto? Compartilhe!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo