Alzheimer, memantina, glutamato

Princípios do Tratamento da Doença de Alzheimer: Memantina

em Demências e Alzheimer por

Em artigo anterior, explicamos como funciona a sinapse e falamos de medicamentos que diminuem atividades da Colinesterase. Neste artigo, abordaremos outra dorga comumente usada no tratamento de pessoas com Mal de Alzheimer: a Memantina.

A Memantina é uma droga indicada apenas para pacientes em fase mais avançada da doença. Não é indicada para pessoas em fase inicial do Mal de Alzheimer.

A Memantina bloqueia a atividade excessiva de um tipo de canal iônico na sinapse.

Lembramos que as sinapses do sistema nervoso central no ser humano são químicas e dependem da presença de Neurotransmissores. Assim como a Acetilcolina, o Glutamato também é um Neurotransmissor.  O Glutamato regula a entrada de Cálcio nos neurônios. Uma das caracterísicas do Mal de Alzheimer é a atividade excessiva de canais iônicos, pelo excesso de Glutamato no canal sinaptico. Esse excesso de Glutamato acaba matando os neurônios por alta concentração de cálcio já que é o Glutamato que determina a entrada dessa molécula na célula nervosa. A Memantina é capaz de regular a ativação de um tipo de canal de Cálcio, chamado NMDA, dependente de Glutamato. Tecnicamente, o mecanismo de ação é descrito como “antagonista não competitivo de moderada afinidade de receptores NMDA do Glutamato”. Ou seja, mesmo com excesso de Glutamato nas sinapses, característico do Mal de Alzheimer, os neurônios não permitem a entrada excessiva de cálcio e não morrem por causa disso.

Nas fases moderada a grave da DA, há maior desregulação destes canais iônicos que nas fases iniciais. A Memantina é uma droga que consegue atuar apenas no excesso de ativação da sinapse. Portanto, não é necessária nas fases iniciais da DA em que geralmente não se constata excessos de ativação. Já nas fases moderada e graves, a Memantina ajuda na manutenção da cognição.

Frequentemente, é usada em associação com alguma droga que inibe a colinesterase.

Essa informação é útil? Compartilhe!

Ainda tem duvidas, escreva-nos através do espaço de comentários abaixo ou através do formulário de contato.

 

 

 

 

 

 

2 Comments

  1. Bom dia a todos dessa página maravilhosa que nos tira muitas dúvidas .,,, já fui no INSS pegar o requerimento pra dar entrada na isenção de IDR e do adicional de 25% sobre aposentadoria de meu marido que tem Alzheimer sei que vai ser uma batalha porque sempre é negado mais vou até o fim porque tenho 67 anos é preciso de alguém para me ajudar !!!! Obrigada a todos tenham uma ótima semana

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo