idoso com escaras

Úlceras de pressão (escaras): como cuidar.

em Saúde por

As Úlceras de Pressão, ou Úlceras de Decúbito, também conhecidas como Escaras, são lesões localizadas na pele e/ou tecido subjacente. Normalmente
ocorrem sobre uma proeminência óssea, em resultado da pressão localizada por muito tempo ou de uma combinação entre esta e forças de deslizamento.

Há alguns dias, publicamos um texto que dá dicas sobre como evitar este problema. Pois, devido a inúmeros fatores, a melhor solução é a prevenção.

Mas, o como tratar a escara depois que ela já apareceu?

O primeiro passo deve ser a avaliação cuidadosa da ferida por médico ou enfermeira:

  • onde está localizada.
  • forma e dimensões.
  • profundidade, tipos de tecidos presentes (epitelização, granulação, desvitalizado, necrosado).
  • qualidade e quantidade de exsudado (supuração, etc).
  • situação da região perilesional (em volta da lesão).
  • dor manifestada pelo doente.
  • estado microbiano.

A profundidade da ferida é uma das questões mais importantes. Nos casos mais graves, a úlcera passa pelas 3 camadas da pele, passa pelo tecido conjuntivo e chega ao osso. Observar o exsudado, ou seja, o líquido que se forma na ferida pode indicar se há infecção ou não. Quando há presença de pus, a ferida está infectada. Neste caso, recomenda-se chamar um médico imediatamente.

O tratamento das escaras deve seguir o seguinte procedimento:

  1. Quando a ferida ainda não rompeu a pele (há apenas vermelhidão no local), deve-se massagear a pele com óleos ou cremes hidratantes.
  2. Quando a ferida já rompeu a pele, deve-se:
    • Lavar a escara com soro fisiológico 0,9% morno.
    • Aplicar o produto prescrito pelo médico.
    • Colocar curativo que permita troca gasosa.

As lesões devem ser expostas ao calor, como luz solar matinal ou lâmpada infra-vermelha. Neste caso, é necessário muito cuidado na manipulação da lâmpada para evitar queimaduras. Recomenda-se uma exposição de até 15 minutos, a 30 cm de distância do local ferido. O calor promove a vasodilatação , aumentando a oferta de oxigênio aos tecidos e facilitando a cicatrização. Caso surjam pequenas bolhas na pele, não se deve estourá-las. A recomendação é a exposição ao calor.

As lesões infectadas, isto é, com presença de pus, podem ser tratadas com açúcar, pomadas de papaína, laser, óleo (como Dersani, por exemplo) e pomadas ou cremes medicamentosos. Quem deve prescrever este tratamento é um médico.

Idealmente, o médico ou um enfermeiro devem fazer o curativo e avaliar a evolução das escaras diariamente, até a cicatrização. Porém, cuidadores, familiares ou profissionais, podem aprender a cuidar desta ferida. É importante sempre chamar o médico ou enfermeiro em caso de dúvidas sobre a evolução do tratamento.

NUNCA coloque sobre a lesão nenhum tipo de “receita caseira”. As escaras são feridas graves que, quando infeccionadas, podem colocar a vida do paciente em risco!

20 Comments

  1. Gostaria muito de receber os artigos de vocês como apostila ,sou da enfermagem e amo muito cuidar de pessoas, principalmente idosas, se possível, desde já o meu muito obrigada. Os artigos são muito informativo e demonstra confiabilidade.

  2. Gostaria de receber os artigos de vcs,
    Sou cuidadora,e gostaria de saber como manuzear sondas e como fazer curativos em idosos com escaras.
    Desde já agradeço.

  3. Minha mae sofre mais de 6 meses e nunca cicatriza só aumenta, ela é idosa 68 sem diabete, tentei varias pomadas de assaduras, oleo de girassol, hipogloss, agora estou com creme profitus de urucum, mas não cicatriza, nao sei mais como tratar e a quem recorrer.

    Qual especialidade entende por escaras e ulcera de pressão? algum contato?
    Qual melhor tratamento alguém tem indicações?

    • Como estamos falando de uma pessoa diabética, o melhor é procurar um médico urgentemente. As especialidades recomendadas são Geriatra ou Dermatologista. Se tiver plano de saúde com boa equipe de enfemagem, um enfermeiro especializado também pode ajudar bastante. Temos indicações apenas em Jundiaí e São Paulo. Posso buscar indicações em outros lugares, mas preciso saber onde moram.

  4. Comecei a cuidar de uma senhora que ficou internada no hospital por 15 dias teve alta hoje só qua mesma veio com uma bolha enorme em cada calcanhar. Qual será o cuidado com essas bolha

    • Um bom Geriatra é o melhor médico neste caso. Porém, um(a) bom(a) enfermeiro(a), com prática em tratamento de escaras pode ajudar mais. Se você tiver plano de saúde, pergunte sobre atendimento de enfermagem em domicílio.

  5. Minha sogra sai um tipo de bolhas dai estora e se transforma em feridas ela também tem esgara na bunda já usei faria tipos de pomada agora por utimo comprei uma Tava quase curada mais esta faltando de novo. Ela tem 91 anos ficou agamada fa

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo