idoso com úlceras de pressão.

Úlceras de pressão (escaras): a prevenção é a melhor solução.

em Geral por

Úlceras de Pressão, conhecidas popularmente como “escaras”, infelizmente são um problema comum em pessoas acamadas ou com mobilidade reduzida.

Pessoas que ficam muito tempo na mesma posição, sentadas ou deitadas, correm o risco de desenvolver úlceras de pressão, independentemente de sua idade.

Quando alguém fica, por longos períodos de tempo, sentado ou deitado numa mesma posição, mantem algumas áreas do corpo sob maior pressão externa. Os tecidos (pele, tecido conjuntivo e músculo) que ficam entre o osso e este ponto de pressão acabam recebendo menor irrigação sangüínea. Desta forma, recebem menos nutrientes e tornam-se mais sensíveis.

A falta de movimentação aliada a desnutrição, desidratação, anemias, infecções e má higienização são as principais causas do problema. Umidade (suor ou urina, por exemplo) e fricção da pele são fatores agravantes.

Normalmente, as úlceras de decúbito aparecem nas regiões de apoio do corpo: atrás da cabeça, nas costas, na articulação do quadril, no cóccix, nas nádegas, nos cotovelos e nos calcanhares. As pessoas mais suceptíveis são idosos acamados ou imobilizados, deficientes físicos em cadeiras de rodas, diabéticos, portadores de incontinência urinária e/ ou fecal.

A cicatrização das úlceras de pressão são difíceis e demoradas. Além disso, causam muito sofrimento ao paciente pela dor. Por isso, o melhor é evitá-las através de:

  1. Manter o paciente hidratado.
  2. Manter a pele hidratada usando loção hidratante quando necessário.
  3. Usar colchão “casca de ovo” (colchão d’água de pequena espessura) sobre o colchão normal da pessoa acamada.
  4. Almofadas do tipo “casca de ovo” devem ser usadas em poltronas.
  5. Lençóis devem estar sempre limpos, secos e bem esticados sobre a cama. É importante evitar rugas e pregas.
  6. Fazer mudança de decúbito (posição) a cada 2 horas. Pacientes sentados devem ser levantados e ter a pele massageada nos pontos de pressão a cada 2 horas.
  7. Após a refeição no leito ou na poltrona, estes locais devem ser inspecionados e limpos, evitando resíduos da alimentação em contato com a pele.
  8. A higiene rigorosa da pele é uma arma importante contra o aparecimento de escaras. Mantenha o paciente sempre limpo.
  9. Em caso de vermelhidão em algum ponto na pele, deve-se massagear com hidratantes para ativas a circulação sangüínea no local. Expor a região ao calor, como ao sol da manhã também pode ajudar.

Saiba mais sobre tratamento e cicatrização.

 

1 Comment

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo