Categoria

Demências e Alzheimer - page 3

Como Lidar com Momentos de Agressão do Portador de DA

em Demências e Alzheimer por
Agressão do Alzheimer

Há alguns dias, discorremos sobre as causas do comportamento agressivo de portadores de demência. A agressão é um dos comportamentos que mais afeta a família do paciente. Agora, vamos falar um pouco sobre como lidar com os momentos de agressão. Quando o nosso familiar com comprometimento cognitivo ataca alguém com atos de hostilidade, está sendo agressivo. A agressão pode ser moral (com palavras) ou física. E o que fazer nestes momentos? Como reagir? A primeira coisa a fazer é não retrucar. Ou seja, não discutir e não bater de volta. Não se responde a um ato de agressão com outro.…

Leia mais

Cuidados de Segurança da Fase Moderada da DA.

em Demências e Alzheimer/Dia-a-dia por
cuidados de segurança para idoso

Cuidados de Segurança passam ser cada vez mais necessário à medida que a doença de Alzheimer evolui. Idealmente, as ações e modificações na casa visando à segurança do portador não precisam acontecer todas de uma só vez. Pode-se ir adotando medidas de segurança conforme a família for percebendo a necessidade destas medidas. Veja aqui alguns cuidados para idosos em geral, principalmente para aqueles com problemas cognitivos. Na fase inicial da doença, as ações de segurança acabam sendo mais relacionadas a dirigir e administrar as próprias finanças. A fase moderada da doença já exige alguns cuidados de segurança no interior da…

Leia mais

O Comportamento Agressivo dos Portadores de Demência.

em Demências e Alzheimer por
idoso com demência e comportamento agressivo

Demência, como sabemos, é um conjunto de sintomas. No Brasil, em mais da metade dos casos de doença demencial, como o Alzheimer, há alterações de comportamento. Estas alterações de comportamento, tecnicamente chamadas de sintomas neuropsiquiátricos, são comportamento agressivo, agitação, repetições, distúrbios do sono, etc. Neste texto, vamos falar um pouco sobre um dos sintomas de maior impacto emocional na família: a Agressão, ou comportamento agressivo. O comportamento agressivo pode ser observado através da comunicação verbal ou atitudes físicas. São palavras duras e ofensivas, palavrões. Ou agressões físicas como socos, pontapés, tapas, etc. As “crises de agressividade” podem ocorrer de repente,…

Leia mais

4 Dicas para auxiliar o Controle das Finanças no início da DA.

em Demências e Alzheimer por
idoso no controle das finanças

Conforme já comentamos em artigo anterior, a Doença de Alzheimer é progressiva. Quando descoberta no início, se apoiado pela família, o idoso não precisa fazer nenhuma alteração drástica em sua vida. Porém, alguns cuidados já devem ser tomados. Um deles é a supervisão do controle das finanças. Veja quais são os sintomas iniciais da doença na maioria dos casos. Normalmente, o comprometimento das funções executivas, com o aparecimento da Apraxia e outros sintomas, causa a incapacidade de controlar seu patrimônio. Portanto, o controle das finanças deste idoso devem começar a ser acompanhado por alguém de confiança. Não devemos proibir o…

Leia mais

Atitudes Prudentes para a fase inicial da Doença de Alzheimer

em Demências e Alzheimer/Segurança por
Atitudes Prudentes da família com Alzheimer

As famílias com um membro portador de DA devem tomar  algumas atitudes prudentes em relação à vida cotidiana do idoso com DA. Temos vários textos publicados sobre a Doença de Alzheimer e seus sintomas. E alguns outros, publicados sobre segurança do idoso, seja ele mentalmente saudável ou não. Falamos de segurança principalmente para evitar acidentes. Sabe-se que uma queda dentro de casa pode ter conseqüências graves e até levar a óbito. Hoje, vamos abordar algumas questões mais práticas e relevantes, não diretamente relacionadas à saúde. Mas que requerem atitudes prudentes o mais rápido possível. Normalmente, na fase inicial da doença,…

Leia mais

Terapia Comportamental para o portador de DA

em Demências e Alzheimer por
idoso com DA sob Terapia Comportamental

Já sabemos que os portadores de Doença de Alzheimer apresentam uma ampla variedade de transtornos comportamentais. Abordagens não farmacológicas para estes problemas, podem ajudar a resolvê-los. Idealmente, deve-se tentar a Terapia Comportamental antes de tentar controlar os desvios de comportamento com remédios. A Terapia Comportamental consiste em prestar atenção nos eventos ambientais antecedentes para explicar o que a pessoa está fazendo. Tenta resolver o problema, ou seja, alterar o comportamento, através de uma abordagem ativa. Num sentido mais amplo, podemos pedir ajuda a 2 profissionais: o psicólogo ou o terapeuta ocupacional. Veja aqui 6 dicas para montar um plano de atividades. Em…

Leia mais

O papel da Família quando surge o diagnóstico de Alzheimer

em Demências e Alzheimer/Dia-a-dia por
idoso com Alzheimer e sua família

Ao receber o diagnóstico de Doença de Alzheimer, a família, na maior parte das vezes, demora algum tempo para aceitar esta nova realidade. O próximo passo é entender que o arranjo familiar precisa estar em constante comunicação. Neste momento, é necessário que haja união. Mas, pelo contrário, vemos muitas brigas e discussões entre os familiares que empurram a responsabilidade do cuidado de um para outro. A doença de Alzheimer não é só do portador ou só de uma pessoa: a doença de Alzheimer é uma doença da Família. Todos devem estar engajados no cuidado. Prestar serviços para a qualidade de…

Leia mais

Uma pessoa com Doença de Alzheimer pode viajar?

em Demências e Alzheimer por
idoso com alzheimer pode viajar

Viajar é um tipo de lazer que quase todas as pessoas apreciam. Nesta época do ano, especialmente no período entre Natal e Carnaval, grande parte das pessoas planeja alguma viagem. Mas o que fazer com o familiar dependente? Ele ou ela pode viajar junto? A resposta é: depende. O lazer deve ser encarado como uma necessidade básica. Portanto, todos os hábitos e preferências do portador de Alzheimer devem ser mantidos e adaptados segundo o estágio da doença e o nível de dependência apresentado. O ideal é preservar a capacidade de participar de atividades prazerosas o maior tempo possível. Se fisicamente…

Leia mais

Combatendo a desnutrição de portadores de Alzheimer

em Demências e Alzheimer/Nutrição por
idoso com desnutrição e alzheimer

A má nutrição associada à perda de peso e perda de massa muscular é bastante frequente em pacientes com Alzheimer. Um quadro de desnutrição aumenta com a severidade da doença. Na maior parte das vezes, a falta de apetite, dificuldades em preparar os alimentos, problemas com a comunicação ou reconhecimento de fome, dificuldade na coordenação motora, maior cansaço, dificuldades de mastigação e deglutição, problemas orais e dentários, efeitos secundários da medicação ou obstipação, entre tantos outros fatores estão associados com a desnutrição. Por isso, a avaliação do risco e estado nutricional dos indivíduos com Alzheimer deve fazer parte do monitoramento…

Leia mais

5 Diferenças entre Pseudo-demência da Depressão e DA.

em Cabeça/Demências e Alzheimer por
Idoso com pseudo-demência depressiva

A pseudo-demência depressiva é um problema importante, mas pouco conhecido. A Depressão pode produzir a pseudo-demência, que é caracterizada por disfunções cognitivas como problemas de memória, diminuição da velocidade de reação, comprometimento do raciocínio e da função executiva. Normalmente, estes défcits são suaves. Mas, em 20% dos casos de idosos com depressão, estes sintomas podem ser confundidos com Doença de Alzheimer (DA). Também conhecida como síndrome demencial da depressão, atinge 10% dos pacientes admitidos em centros psiquiátricos. A pseudo-demência depressiva pode ocorrer com vários tipos de depressão. É comum na depressão bi-polar, depressão maior ou depressão com elementos de transtorno…

Leia mais

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo