Author

Thaís Bortolini Bueno - page 3

Thaís Bortolini Bueno has 32 articles published.

Qual é o exercício físico mais indicado para você?

em Fisioterapia por
Idosos e pilates

Qual o melhor exercício para você? Dentre muitos benefícios, pode reduzir dores. Caminhadas também são uma alternativa. Para determinar qual a atividade física ideal a ser praticada por um indivíduo, deve-se levar em consideração uma série de fatores. Idade, condicionamento físico, doenças/lesões prévias, preferências pessoais (atividades ao ar livre, com bola, música etc.) são informações importantes. Uma atividade que pode ser adaptada a todas essas variações é o Pilates. O Pilates surgiu na década de 1920, através do criador do método: Joseph Pilates. Sua ideia era criar um método de condicionamento físico e mental, de modo que os exercícios, embora padronizados, pudessem…

Leia mais

Artrite no Joelho: conheça os perigos da Gonartrose e quais os tratamentos

em Fisioterapia por
Idosos podem parar de andar

A Osteoartrose é uma doença de caráter degenerativo e inflamatório. Causa destruição da cartilagem e deformidades na superfície óssea articular. Vale entender que Artrites são inflamações agudas das articulações. Artrite reumatóide é uma doença que causa estas inflamações. Artrose ou Osteoartrose é um outro nome usado para Artrite. Uma das articulações mais acometidas por essa doença é o joelho. A osteoartrose, ou gonartrose, como é conhecida quando acomete essa região, tem característica progressiva e deformante. Compromete todo o aparelho osteoligamentar da articulação (ligamentos entre os ossos e cartilagens do joelho com os músculos da perna). Causa graves instabilidades mecânicas e…

Leia mais

Tratando Dores nas Costas: conheça a Estabilização Segmentar Vertebral

em Fisioterapia por
idosos podem ser tratados com estabilização segmentar vertebral

Conforme já citado em artigos anteriores, a saúde e o bem-estar da coluna dependem de uma série de fatores. Os principais são alinhamento biomecânico, atividade ocupacional, condicionamento físico, consciência corporal, lesões ou doenças ortopédicas preexistentes. Quando falamos de dores na coluna em idosos, um importante fator de risco é invariável nessa população: a idade. Portanto, é possível dizer que a incidência de dor na coluna em idosos seja frequente. Mesmo que não esteja relacionada com nenhum dos demais fatores de risco citados anteriormente (melhor explanados nos artigos sobre Dores na Coluna e sobre “Bico de Papagaio“) os adultos mais velhos tem…

Leia mais

Idoso Ativo: continuar trabalhando é saudável mas requer cuidados físicos.

em Fisioterapia por
Idoso ativo mas evitando DORT

Continuar trabalhando, mesmo com mais de 60 anos, é saudável. Manter-se ativo significa manter relações sociais, que é um fator muito importante para evitar doenças demenciais. Trabalhar significa que os adultos mais velhos continuam executando tarefas simples, mas importantes no dia-a-dia, como gerenciar a própria agenda, controlar finanças, etc. Estas tarefas são fatores importantes na avaliação cognitiva que faz o diagnóstico de demências. Mas, as alterações físicas do envelhecimento podem trazer uma sensibilidade maior aos distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (DORT). Segundo o Ministério da Saúde, os distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (DORT), no Brasil também conhecidos como lesões por esforço repetitivo (LER), são…

Leia mais

Osteófito – entenda o que é o Bico-de-Papagaio

em Fisioterapia por
Coluna do Idoso

O envelhecimento causa diversas alterações estruturais na coluna vertebral, conforme já comentado em matéria anterior. Dentre essas alterações, uma das mais populares é o bico de papagaio. Eles aparecem com o nome de osteófitos em diversos laudos de radiografias, ressonâncias magnéticas e tomografias computadorizadas. São mais frequentes na população idosa. É importante, portanto, entender um pouco mais sobre essa manifestação tão comum na coluna das pessoas. Mesmo porque aos osteófitos é atribuída a causa das dores de muitos idosos. Ao longo dos anos, o desgaste das articulações da coluna diminui o espaço entre as vértebras. O resultado é o aumento do atrito…

Leia mais

Dor nas Juntas? Por que as Dores Articulares aumentam com o frio?

em Fisioterapia por
Dores nas Juntas por Osteoartrite ou Artrose

É muito comum, nessa época do ano, quando as temperaturas começam a diminuir e as frentes frias começam a chegar, escutarmos queixas do tipo: “meus joelhos doem quando esfria” ou “esse frio faz mal para minha coluna”. São as dores articulares, popularmente conhecidas como “dor nas juntas”. Mas será que existe mesmo uma relação entre as variações de temperatura e as dores articulares?                 A resposta é: sim! Estudos comprovam que as variações de temperatura causam variações também na pressão atmosférica. Essas amplitudes térmicas podem ter um papel direto nos sintomas percebidos pelas pessoas que já tem alguma lesão ou…

Leia mais

Como envelhecer sem dores na Coluna?

em Fisioterapia por
Idosos com dores na coluna

Dor na coluna é uma das queixas mais incidentes na população em geral. Dor na coluna é a disfunção de ordem ortopédica mais comum entre os idosos. É uma doença multicausal, que pode ser desencadeada por diversos fatores, dentre eles: má postura, fraqueza muscular, traumas diretos ou indiretos (acidentes de carro, por exemplo), sobrecarga mecânica (carregar muito peso), doenças associadas, estresse e envelhecimento. Entenda melhor alguns desses fatores como alterações posturais e fraqueza muscular. O envelhecimento é um fator de risco importantíssimo a ser considerado nesses casos. O processo de envelhecimento é responsável por uma série de alterações estruturais na…

Leia mais

Atividade Física, Dor e Neurotransmissores: qual a relação entre eles?

em Exercícios Físicos/Fisioterapia por
Idosos também devem fazer exercícios

Quando a prática de atividades físicas passa a ser um problema na vida de uma pessoa, certamente há algo errado nesse contexto. A prática de exercícios é essencial para a saúde e bem-estar geral do corpo. Possibilita melhora da mobilidade articular, fortalecimento muscular, aumento da massa óssea, aumento de flexibilidade, melhora da capacidade cardiopulmonar, aumento da disposição, relaxamento mental e alívio de quadros dolorosos. Porém, quando há o surgimento de efeitos inesperados, a atividade física deve ser revisada com rigor por um profissional. Quando causa dor, é muito provável que haja alguma inadequação nesta prática. Mesmo as dores musculares tardias, que…

Leia mais

Terceira idade… idade da dor? Saiba como a Fisioterapia pode ajudar.

em Fisioterapia por
Fisioterapia trata a dor

O envelhecimento do corpo está associado a alterações degenerativas em diversos tecidos, causando modificações estruturais e funcionais. Ou seja, o envelhecimento muda a aparência e o funcionamento do corpo, de modo que este se adapte a tais modificações. Essas adaptações ocorrem naturalmente, porém muitas vezes são percebidas por um simples e frequente sinal: a DOR! A dor pode ter causas variadas, manifestando um sinal de alerta para a região afetada: pode indicar inflamação, cicatrização inadequada, atrito tecidual, sobrecarga mecânica, entre outros diversos. Porém, é válido ressaltar que a dor não é, necessariamente, ruim para o organismo.  Funcionando como um aviso,…

Leia mais

Envelhecimento e Alteração Muscular: o que você precisa saber.

em Fisioterapia por
Ativação Muscular

O envelhecimento é um processo fisiológico que acontece no corpo humano, de certa forma,  desde o seu nascimento. Um dos sinais mais claros desse processo é a diminuição da massa muscular. Essa perda se inicia de forma natural a partir dos 30 anos de idade e pode chegar a METADE da massa muscular aos 80 anos! A consequência funcional mais percebida é a diminuição da força muscular. Ocorre de maneira progressiva e é mais evidente em indivíduos sedentários. Porém, mais importante do que isso é a diminuição da ativação das fibras musculares. Estudos recentes mostram que o déficit de ativação…

Leia mais

© Copyright 2017 - Idosos.com.br - Portal de notícias para pessoas acima de 60 anos.
Ir para Topo